Brusquense entra em contagem regressiva para participação na Ultramaratona Caminhos de Caravaggio

Faltando menos de um mês para a prova, Felipe Guilherme Ristow mantém ritmo de treinos intensificado para seu maior desafio na corrida: 217km

Publicidade
Utilidade pública

O brusquense Felipe Guilherme Ristow está na contagem regressiva para participar da maior ultramaratona trail do Sul do Brasil nos dias 19, 20 e 21 de maio. A Ultramaratona Caminhos de Caravaggio (UMCC) terá percurso de 217 km e passará por cinco cidades do Rio Grande do Sul. Formado em Educação Física e com mais de 10 maratonas nacionais e internacionais em seu currículo, o atleta e educador físico do Centro de Performance e Saúde Grupo do Bay correrá na modalidade solo e segue um ritmo intenso de treinos para completar seu objetivo na prova. “Estou fazendo treinamento físico, muscular e mental, treinos à noite, madrugada, para me condicionar da melhor forma, porque além da distância da Ultramaratona, é necessário cumprir uma determinada quilometragem em certo tempo, diante dos pontos de corte existentes na prova”, comenta.

O percurso da UMCC passará por zonas rurais e urbanas de cinco cidades, com largada no Santuário de Caravaggio em Farroupilha, passando por Caxias do Sul, Nova Petrópolis, Gramado e chegada em Canela. A UMCC 217K terá seu trajeto realizado na maior parte por estradas de cascalho nos Caminhos de Caravaggio, uma nova rota de Peregrinação criada em 2019.

Segundo Ristow, a parte mais intensa dos treinos acontece até a primeira semana de maio, depois, as distâncias declinam para que o atleta chegue à prova com maior disposição. Além disso, Ristow revela que há todo um desafio em montar a logística para cumprir a prova, como hidratação, alimentação, pontos de descanso e até vestuário. “São muitas novidades para mim, que estou acostumado a correr direto em provas de maratona. Já na ultramaratona, terei que parar para me alimentar, para descansar e trocar de roupa, então é necessário fazer uma previsão disso tudo, a fim de concluir este grande desafio”, revela.

Ristow contará com uma equipe de apoio no percurso. A prova é dividida em seis trechos, com níveis de dificuldade variados e pontos de corte, sendo que ela deve ser concluída pelos atletas, em 48 horas. “Quero completar a prova em 36 ou 38 horas, ou seja, terminar na noite de sexta-feira. Estou treinando para isso e toda energia do Grupo de Corrida do Bay, as palavras de incentivo e apoio, tem me motivado ainda mais, porque além do corpo estar preparado, é preciso ter a mente focada”, enfatiza o atleta, que conta com o apoio da Intelidata neste desafio.

Publicidade
Últimas notícias

Grupo de Feirino do Bandeirante promove confraternização com ex-jogadores profissionais

O grupo de feirino Clube 25, da Sociedade Esportiva Bandeira, promoveu um momento de confraternização na noite desta última...
Publicidade
WhatsApp chat