Confira os destaques da Câmara de Vereadores de Brusque

Publicidade
Utilidade pública

Em sessão ordinária realizada nesta terça-feira, 14 de junho, os vereadores aprovaram quatro projetos de lei, quatro requerimentos, um pedido de informação e uma moção na Ordem do Dia.

Os parlamentares também apresentaram duas moções de pesar e uma série de indicações — matérias que não são submetidas à votação do plenário.  

No espaço da Tribuna Livre, na primeira parte da sessão foi concedido a palavra Ronald Kamp, que se manifestou pelo Instituto Nossa Cidade (INC), conforme previsto no Protocolo n.º 235/2022, sobre a qualidade das obras executadas no novo trecho da margem esquerda da Beira Rio — Avenida Governador Luiz Henrique da Silveira.

Ronald Kamp na tribuna da Câmara representando o INC (Foto: Talita Garcia/Imprensa Câmara Brusque)

Pronunciamentos

Na tribuna da Câmara, o vereador André Batisti, PL, falou sobre a resposta recebida do seu pedido de informação referente ao atendimento nos postos de saúde, que relataram demora no atendimento em unidades de saúde.

Segundo o vereador, a resposta enviada pela Secretaria de Saúde não condiz com a realidade.

Vereador André Batisti na tribuna da Câmara (Foto: Talita Garcia/Imprensa Câmara Brusque)

O vereador Ricardo Gianesini, o Rick, (Patriota) utilizou a tribuna para falar sobre a visita realizada em educandários do município, de modo a atender demandas e conhecer a realidade nas escolas do município. Conforme o vereador a avaliação é positivo mediante o trabalho desempenhado pelos profissionais da educação.

Vereador Ricardo Gianesini na tribuna da Câmara (Foto: Talita Garcia/Imprensa Câmara Brusque)

Matérias referendadas na sessão desta terça-feira, 14

Projetos de Lei.

– Em segunda discussão e votação, Projeto de Lei Ordinária nº 19/2022, de origem executiva, que “Dispõe sobre a abertura de crédito especial e suplementar no orçamento do Município de Brusque e dá outras providências”;

– Em segunda discussão e votação, Projeto de Lei Ordinária nº 24/2022, de origem executiva, que “Dispõe sobre a abertura de crédito especial e suplementar no orçamento do Município de Brusque e dá outras providências”;

– Em segunda discussão e votação, Projeto de Lei Ordinária nº 40/2022, de origem executiva, que “Altera para Fundação Educacional Luterana a razão social da entidade declarada de utilidade pública pela Lei Municipal nº 591, de 06 de junho de 1974”;

– Em primeira discussão e votação, Projeto de Lei Ordinária nº 38/2022, de origem executiva, que “Autoriza o Poder Executivo a conceder direito real de uso de bens imóveis municipais que especifica à Associação de Moradores da Rua Bulcão Viana e Adjacências – AMBAVIA, e dá outras providências”.

Publicidade
Últimas notícias

Brusque homenageou jogadores com placas

Na noite de sexta-feira (01), o Brusque FC realizou a entrega dos quadros comemorativos para os atletas Airton, Rodolfo...
Publicidade
WhatsApp chat