14 C
Brusque
domingo, maio 19, 2024
InícioAgendaEventos das IgrejasPaixão e morte de um homem livre encerra gravações em estúdio

Paixão e morte de um homem livre encerra gravações em estúdio

Data:

Publicidade

spot_img
spot_img
spot_img

Paixão e Morte de Um Homem Livre encerra gravações em estúdio
Elenco voltará a se reunir em fevereiro de 2024, para ensaios no palco

Há quase um ano a equipe da Associação Artístico Cultural São Pedro (AACSP) trabalha na 24ª edição do espetáculo Paixão e Morte de Um Homem Livre, que será apresentado nos dias 28 e 29 de março de 2024, no pátio da igreja São Cristóvão, no bairro Aymoré, em Guabiruba.
O presidente da associação, Sérgio Valle, destaca que o projeto passa por várias fases, desde a escolha do roteiro, direção teatral, toda a equipe de coordenação, até os pequenos ensaios em grupo e gravação dos diálogos. “Também desenvolvemos a planta dos palcos, em parceria com a coordenação de cenografia e os fornecedores externos. Levantamos os custos desta execução e vamos em busca da captação de patrocínios e convênios”.
O presidente da AACSP ressalta ainda as várias reuniões de alinhamento com a coordenação de cenografia, figurino e maquiagem. Até mesmo a coordenação de bem-estar já está integrada ao movimento, atuando nos ensaios de atores e atrizes com falas.
“Quero agradecer o acompanhamento e aprovação de todas essas ações e informar que estamos finalizando a criação de artes do projeto, para o lançamento do espetáculo”, adianta.

Gravações
As gravações dos diálogos dos personagens com fala desta edição do espetáculo Paixão e Morte de Um Homem Livre encerraram nesta quarta-feira, 25 de outubro. Os últimos dias de trabalho foram especiais, sobretudo pela presença do ator Carlos Woitexen Filho que, mais uma vez, será a voz de Jesus no projeto.
No último domingo, dia 22, o estúdio de gravação recebeu os atores que darão vida aos apóstolos. “Também gravamos os comentários de fundo, que serão usados em cenas com a movimentação do povo, como risadas e xingamentos”, conta o diretor desta edição, Marcelo Carminatti.
O pároco da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, padre Marilton Nuss, responsável pela narração que conduz a abertura do espetáculo, também já finalizou sua gravação. “Foi um trabalho muito bonito e de qualidade. Posso garantir que os atores estavam bem preparados”, elogia o diretor.
Agora, o elenco volta a se reunir somente em 2024, no mês de fevereiro, para os ensaios no palco.

Publicidade
WhatsApp chat