17.6 C
Brusque
sábado, junho 15, 2024
InícioNotíciasGeralRibeirão e Águas Negras vencem o ciclismo mirim dos Jogos Comunitários de...

Ribeirão e Águas Negras vencem o ciclismo mirim dos Jogos Comunitários de Botuverá

Data:

Publicidade

spot_img
spot_img
spot_img

As comunidades do Ribeirão Porto Franco e do Águas Negras foram as grandes campeãs da modalidade do ciclismo mirim dos Jogos Comunitários de Botuverá. As provas foram realizadas na manhã deste sábado (4) e contaram com a participação de crianças que representaram seis bairros da competição. Com grande presença de pais e familiares apoiando, cada uma delas teve que realizar um percurso de cerca de 600 metros entre o fundo dos Correios e a Casa da Cidadania.

O secretário de Esportes, Turismo, Cultura e Lazer da Prefeitura de Botuverá, Jeferson Mariani, o Finha, destaca que essa é a primeira vez que as crianças participam efetivamente de uma prova dos Jogos Comunitários. “Foi uma ideia que surgiu entre a Prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes, e o EsporteSC, para fomentar ainda mais a competição e, ao mesmo tempo, incluir crianças e jovens, que são o futuro dos Jogos Comunitários. Ficamos felizes que a prova foi um sucesso e com certeza vamos incluir ainda mais modalidades infantis no ano que vem”, observa.

Ao fim da disputa, emoção não faltou, com uma briga acirrada pela primeira colocação tanto no naipe masculino quanto no feminino. No primeiro naipe, Lorenzo Werner, do Águas Negras, e Breno Molinari, do Lageado Alto/Baixo, terminaram empatados ao completar o trajeto em apenas 39 segundos. O terceiro colocado foi Guilherme Silva, também do Águas Negras, com 40 segundos. Com o tempo de 1min19s, na soma dos tempos de Lorenzo e Guilherme, o bairro foi o primeiro colocado na classificação geral, seguido do Lageado Alto/Baixo (1min23s) e do Centro (1min31s).

Classificação final – Individual masculino
1º Lorenzo Werner (Águas Negras) – 39s
1º Breno Molinari (Lageado Alto/Baixo) – 39s
3º Guilherme Silva (Águas Negras) – 40s
4º Bernardo Chaves (Centro) – 41s
4º Marcio Silva (Ribeirão) – 41s
6º Kaique Sorer (Sessenta/Bracinho) – 44s
7º Eduardo Wietcowski (Lageado Alto/Baixo) – 45s
8º Lucas Davi (Salto/Gabiroba) – 47s
9º João Guilherme (Salto/Gabiroba) – 48s
10º Bernardo Vanelli (Centro) – 50s
11º Pietro Venzon (Ribeirão) – 51s
12º Michel Rescarolli (Sessenta/Bracinho) – 1min1s

Classificação por equipes
1º Águas Negras (Lorenzo Werner e Guilherme Silva) – 1min19s
2º Lageado Alto/Baixo (Breno Molinari e Eduardo Wietcowski) – 1min24s
3º Centro (Bernardo Chaves e Bernardo Vanelli) – 1min31s
4º Ribeirão (Marcio Silva e Pietro Venzon) – 1min32s
5º Salto/Gabiroba (Lucas Davi e João Guilherme) – 1min35s
6º Kaike Sorer e Michel Rescarolli (1min45s)

FEMININO
Se a disputa masculina foi acirrada, a feminina também não deixou a desejar, também com empate entre duas atletas na primeira colocação geral. O pódio foi dominado pelo Ribeirão, que fez os dois melhores tempos, com Giovana Pavesi e Julia Maria. Cada uma delas completou o percurso em 47 segundos. Na terceira colocação terminou Ana Clara, do Salto/Gabiroba, com 49 segundos. Na classificação geral por equipes, Ribeirão ficou em primeiro com o tempo somado de Giovana e Julia (1min34s). O Salto/Gabiroba foi o segundo, com 1min43s, seguido pelo Lageado Alto/Baixo, com 1min57s.

Classificação individual feminino
1º Giovana Pavesi (Ribeirão) – 47s
2º Julia Maria Pedrini (Ribeirão) – 47s
3º Ana Clara Costa (Salto/Gabiroba) – 49s
4º Sophia Vanelli (Salto/Gabiroba) – 54s
5º Yasmin Wietcovsky (Lageado Alto/Baixo) – 58s
6º Walentina Colombi (Lageado Alto/Baixo) – 59s
7º Ava Valentina (Centro) – 60s
7º Emanuelli Victoria Wietcovsky (Centro) – 60s

Classificação por equipes feminino
1º Giovana Pavesi e Julia Maria Pedrini (Ribeirão) – 1min34s
2º Ana Clara Costa e Sophia Vanelli (Salto/Gabiroba) – 1min43s
3º Walentina Colombi e Yasmin Wietcovsky (Lageado Alto/Baixo) – 1min57s
4º Ava Valentina e Emanuelli Victória (Centro)

CLASSIFICAÇÃO GERAL
A vitória no ciclismo mirim fez o Águas Negras encostar nos líderes na pontuação, mas o bairro se complicou na disputa do título por não ter participado no naipe feminino e consequentemente ter deixado de somar pontos preciosos. Já o Ribeirão, que havia vencido no meio de semana o futebol suíço, e foi terceiro colocado geral na bocha, com o título do ciclismo mirim feminino voltou a assumir a liderança da classificação geral, restando apenas duas modalidades em disputa.
Os atuais campeões somam, agora, 153 pontos, contra 150 do Salto/Gabiroba e 138 do Centro. Ainda matematicamente com chances de título estão, Águas Negras, com 135 pontos, e Lageado Alto/Baixo, com 134. Confira abaixo a classificação completa.

1º Ribeirão Porto Franco – 153 pontos
2º Salto/Gabiroba – 150 pontos
3º Centro – 138 pontos
4º Águas Negras – 135 pontos
5º Lageado Alto/Baixo – 134 pontos
6º Sessenta/Bracinho – 68 pontos
7º Pedras Grandes – 63 pontos
8º Ouro/Ourinho/Parte Alta – 33 pontos

Texto e fotos: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Botuverá

Publicidade
WhatsApp chat