15.3 C
Brusque
sábado, julho 13, 2024
InícioNotíciasPolíticaRua de Brusque levará o nome do ex-presidente da Câmara, João Baptista...

Rua de Brusque levará o nome do ex-presidente da Câmara, João Baptista Martins

Data:

Publicidade

spot_img
spot_img
spot_img

Um projeto de lei ordinária que denomina via pública foi assinado por todos os vereadores e aprovado por unanimidade na sessão ordinária desta quinta-feira, 14 de dezembro. A proposta dá o nome do ex-vereador e ex-presidente da Câmara, João Baptista Martins, à rua que conecta a Ponte Arquiteta Andrea Patrícia Volkmann à rua Afonso Pena e à Avenida Alexandre Gevaerd, no centro da cidade.
 
O projeto foi encabeçado por Jean Pirola (PP), como forma de homenagear a memória de João Baptista, bem como, a família Martins, que tem na atual legislatura, o vereador e filho de João Baptista, Ivan Martins (Republicanos).
 
Licenciado da Câmara para tratar de assuntos particulares, Ivan foi excepcionalmente convidado para discorrer sobre a trajetória de seu pai na tribuna, durante a discussão do PL. Ivan agradeceu aos colegas parlamentares pela iniciativa:  “A minha família esperava isso há muito tempo. Estamos muito felizes com essa atitude. Isso nos deixa muito satisfeitos”, disse.


 
Quem foi João Baptista Martins
 
Nascido em Goiás, em nove de setembro de 1926, em Goiás Velho, antiga capital do estado, João Baptista veio para o sul do país na década de 1940, com alguns irmãos. Em Brusque, ele criou raízes e se casou com Anadir Benvenutti, com quem teve dez filhos. 
 
Na cidade, ele prestou serviço militar no Tiro de Guerra e chegou a ocupar no município o cargo de presidente da Associação dos Servidores Públicos do Estado. Ele também ocupou o cargo de chefia do Departamento Nacional de Endemias Rurais, onde prestou serviços no combate à malária.
 
“Ele tinha uma forma de interagir muito com a comunidade. Naquela época, os meios de transporte e de comunicação eram muito difíceis e como ele trabalhava nesse setor, aplicava injeção em várias pessoas no nosso município que precisavam. Ele corria os bairros a pedido das pessoas e aplicava as injeções, tudo gratuitamente. Eu me recordo de quando eu era pequeno, quantas e quantas pessoas iam na minha casa para que ele as aplicasse. E ele gostava e interagia muito, porque amava Brusque a sua população”, relembrou Ivan.
 
A criação de Guabiruba e Botuverá
 
O homenageado teve três passagens pela Câmara, nas legislaturas de 1955 a 1958 e de 1963 a 1966, como suplente, e na de 1959 a 1962, como vereador titular, na qual foi eleito presidente do Poder legislativo, posto que ficou de 1° de fevereiro de 1962 até 31 de janeiro de 1963.
 
Na condição de presidente, João Baptista teve papel determinante na criação das cidades de Guabiruba e Botuverá. No dia 28 de abril de 1962, estava em pauta na Câmara o Projeto de Resolução que criava os dois municípios, territórios que pertenciam a Brusque até então. Conforme os registros do Livro de Atas nº 13 do Acervo Documental do Legislativo, os onze vereadores estavam divididos quanto à decisão de emancipar ou não as duas cidades.
 
No resultado da votação, o imbróglio de um placar empatado em 5 a 5. A decisão ficou nas mãos do presidente da Câmara, que só vota em caso de desempate. Assim, com o voto de Martins, a aprovação da emancipação das duas cidades foi confirmada em 6 votos favoráveis e 5 contrários.
 
Documentário
 
Memórias sobre o dia da votação da emancipação das duas cidades e o voto decisivo de Martins fazem parte de um documentário produzido pela casa legislativa na ocasião dos 140 Anos da Câmara. Assista aqui

Publicidade
WhatsApp chat