23.8 C
Brusque
terça-feira, fevereiro 27, 2024
InícioNotíciasGeralHospital Azambuja apresenta números de 2023 e projetos para este ano

Hospital Azambuja apresenta números de 2023 e projetos para este ano

Data:

Publicidade

spot_img
spot_img
spot_img

Finalização da nova torre de serviços, reforma dos quartos e projetos de ampliação da Hemodinâmica e cirurgias robóticas foram apresentados à imprensa

O Hospital Azambuja reuniu profissionais da imprensa de Brusque e região na manhã desta terça-feira, 23 de janeiro, para apresentar os números de atendimentos referentes a 2023 e os projetos que serão desenvolvidos este ano.

Jornalistas e comunicadores foram recebidos pelo diretor administrativo do Azambuja, Pe. Nélio Roberto Schwanke, acompanhado do gestor hospitalar Gilberto Bastiani; do diretor técnico e chefe de UTI, Dr. Eugênio José Paiva Maciel; e outros membros da administração.

Até o dia 31 de dezembro de 2023, o Hospital Azambuja registrou um total de 374.465 atendimentos. Os números abrangem todos os setores da instituição, como Pronto Socorro, Ambulatório, UTIs, internações, exames de imagens, cirurgias e clínicas. As equipes do Azambuja realizaram ainda 4.984 atendimentos provenientes de ambulâncias, ou seja, casos de vítimas de acidentes. Já com relação às cirurgias, foram realizadas na instituição 13.537, aqui elencadas tanto as cirurgias de emergência, quanto as eletivas. Também foram registrados no hospital, o nascimento de 2.149 bebês. Quanto ao número de exames, foram realizados 112.721 de imagens e 209.982 de análises clínicas.

“São dados que revelam o significativo serviço que o Hospital Azambuja presta à comunidade brusquense e de toda região. Ficamos satisfeitos em bem atender a população e ofertar serviços de saúde de qualidade, sendo uma instituição de referência em nosso Estado”, comentou Pe. Nélio.

Do total de cirurgias, parte delas foi realizada pela Política Hospitalar Catarinense; como também cirurgias das filas das eletivas; do plano operativo com o município; cirurgias por meio de convênios e particulares.

O gestor hospitalar, Gilberto Bastiani falou sobre as conquistas em alta complexidade nas áreas de ortopedia e traumatologia; cardiologia e cirurgias bariátricas, que têm possibilitado o atendimento de pacientes não só da região, mas encaminhados pela Secretaria de Saúde do Estado, de diversos municípios.

Além disso, frisou a disponibilidade e vontade do Hospital Azambuja, em conquistar a alta complexidade para atendimentos na área de Oncologia, um pleito já realizado ao Governo do Estado.

“Hoje, na área de oncologia, recebemos pacientes que acabam ficando internados aqui, aguardando vaga para transferência a Blumenau, para realização de seus tratamentos, diante do volume cada vez mais crescente. Então o que nós queremos, e temos total capacidade para isso, é atender os pacientes oncológicos em todo o seu tratamento, como também cirurgias. Infelizmente não depende só do Hospital Azambuja esta habilitação, se dependesse, já estaríamos disponibilizando o serviço para a população, mas precisamos dessa liberação do Estado. Toda parte burocrática, de documentação, o Azambuja já realizou e está no Governo do Estado. Importante frisar que o Estado realizou todas as vistorias necessárias, que envolvem as escalas médicas, profissionais, equipamentos, ambientes, tanto a parte cirúrgica quanto de enfermaria, ambulatórios e deu o seu parecer favorável”, ressaltou Bastiani.

Outra solicitação do Azambuja e que está em processo de credenciamento, são os leitos para pacientes de AVC.  

Ampliação Hemodinâmica e Cirurgia Robótica

A ampliação da Hemodinâmica do Hospital Azambuja e a implementação da cirurgia robótica, também foram temas apresentados à imprensa. Segundo o diretor técnico, Dr. Eugênio Maciel, o Azambuja conta hoje com um equipamento ultramoderno em sua Hemodinâmica, o primeiro a ser instalado em Santa Catarina e o segundo do país. “Temos orgulho de contar com uma equipe de hemodinamicistas altamente qualificada, bem como de cirurgiões cardíacos também. E diante da demanda cada vez mais crescente, já iniciamos os estudos para a aquisição de um segundo equipamento, a fim de ampliar nosso setor de Hemodinâmica”, comentou o médico.

Outro projeto que está sendo estudado pela diretoria, é a implantação da cirurgia robótica para determinadas especialidades. “As vantagens desse tipo de cirurgia são diversas e hoje, todos os nossos cirurgiões têm condições de realizar esse tipo de procedimento. Estamos em crescimento e o próximo passo é este. Já temos um grupo no hospital que realiza os estudos necessários e levantamentos para que isso seja uma realidade no Azambuja”, enfatizou Dr. Eugênio.

Equipe e estrutura

O Hospital Azambuja possui a maior estrutura de saúde da cidade e completará em junho deste ano, 122 anos de história. Hoje, 670 colaboradores, 150 médicos no Corpo Clínico, 78 plantonistas de sobreaviso em diversas especialidades, 32 médicos plantonistas pediátricos e 70 médicos plantonistas para Pronto Socorro e Ambulatório, integram a equipe do hospital.

Sua estrutura, localizada no bairro Azambuja, possui 223 leitos, sendo: 30 Leitos UTI Adulto; 16 Leitos UTI Neonatal; 4 Leitos Sala Vermelha Pronto Atendimento; 2 Leitos Sala Amarela Pronto Atendimento; 12 Leitos Temporários Pronto Socorro Adulto; 5 Leitos Temporários Pronto Socorro Pediátrico; 2 Leitos Semi Intensiva Pronto Socorro; 31 Leitos Clínica Privativa; 36 Leitos Clínica Cirúrgica; 12 Leitos Clínica Médica; 14 Leitos Clínica Neurológica; 13 Leitos Clínica Pediátrica; 20 Leitos Clínica Retaguarda; 4 Leitos Clínica Saúde Mental e 22 Leitos Clínica Maternidade.

Nova Torre

No encontro com a imprensa, os jornalistas visitaram a construção da Nova Torre do hospital, que deve ser finalizada neste ano de 2024.

A nova Torre contemplará diversos serviços de alta complexidade, como Centro Cirúrgico e UTIs Adulto e Neonatal. O custeio da obra provém de convênio assinado em junho de 2022 entre o Governo do Estado e o hospital, no valor de R$ 12 milhões.

Com um total de seis andares, as novas instalações permitirão a ampliação do Centro Cirúrgico, que hoje conta com seis salas e passará a contar com 10. Também serão instalados UTI Neonatal com os 10 leitos de cuidados avançados e seis leitos de cuidados intermediários, lactário, leitos de internação clínica, 20 leitos de UTI adulto e Central de Material Esterilizado. Com o projeto, serão beneficiados cerca de 300 mil habitantes não só do município de Brusque, mas de toda a região. Além do investimento do Governo do Estado, o hospital terá uma contrapartida de cerca de R$ 2 milhões.

Reformas quartos SUS

Outro projeto que teve início em 2023 e deve ser concluído neste ano, é o de reforma dos 45 quartos que abrigam os 130 leitos para pacientes do Sistema Único de Saúde. 10 leitos já foram reformados e os jornalistas puderam visitar as instalações que passam por reforma.

O projeto só foi possível graças à campanha realizada junto ao empresariado local, com o engajamento do provedor e do vice-provedor do hospital, os empresários Ingo Fischer e Luciano Hang. Na campanha, foram arrecadados recursos na ordem de R$ 3,9 milhões para reforma total dos leitos. Mais de 50 empresas de Brusque e região participaram e os pagamentos foram parcelados em até 10 meses, que é o tempo previsto para realização total da obra.

As obras foram iniciadas no mês de setembro de 2023, sendo que todos os quartos serão padronizados com novos pisos, pintura, banheiros, camas elétricas, acabamentos, mobiliários novos e portas adequadas para PCDs.

PROJETOS 2024

  • Finalização da Nova Torre

Alvenaria, Instalações gerais, acabamentos, equipamentos e mobiliário.

  • Reforma da Ala SUS

45 quartos, área de circulação e áreas de apoio.

  • Novo Ambulatório de Cardiologia

Ampliação da área.

  • Nova Farmácia Central

Ampliação da área.

  • Novo Estacionamento

Ampliação e Adequação do Espaço

  • Estação de Tratamento de efluentes

Adequação geral do atual sistema hidrossanitário.

  • Execução do sistema preventivo contra incêndio

Sistema de detecção de fumaça e Sistema de hidrante.

Publicidade
WhatsApp chat