21.5 C
Brusque
domingo, abril 21, 2024
InícioNotíciasGeralCom mosquito da dengue vestido de Morte, Prefeitura inova em campanha

Com mosquito da dengue vestido de Morte, Prefeitura inova em campanha

Data:

Publicidade

spot_img
spot_img
spot_img

Com diversas peças, campanha visa conscientizar sobre os perigos advindos da proliferação do mosquito Aedes aegypti

Anualmente, a Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura de Brusque é responsável pela concepção e veiculação de diversas campanhas publicitárias que visam informar os cidadãos sobre diversas ações desempenhadas pelo governo municipal, sempre em conjunto com outras secretarias e órgãos da administração.

Um dos principais desafios é impactar o maior número de pessoas possível dentro do público-alvo especificado. Foi com isso em mente que os servidores da Secom Brusque decidiram inovar na campanha contra a dengue, que preocupa todo o Brasil com números crescentes de infectados.

Apesar das ações realizadas, não apenas pelo poder público, mas em diversas esferas da sociedade, a doença ainda é um problema para inúmeras cidades, incluindo Brusque. Os levantamentos realizados pela Secretaria de Saúde apontam um avanço significativo na situação da proliferação na cidade. Devido a isso, a campanha deste ano foi pensada para ser mais impactante do que em outros anos.

O secretário de Comunicação Social, Wilson Schmidt Junior, explica que o foco são os ambientes online e offline. “Iniciamos a campanha com produções internas da pasta, como os audiovisuais e os materiais enviados à imprensa. Porém, fomos além”, inicia o gestor.

“Todo mundo sabe que não se pode deixar água parada, que precisa virar os potes de plantas e tudo mais, mas entendemos que o impacto da situação precisa ir muito além da prevenção”, continua Wilson. “As pessoas precisam entender a gravidade da situação, então pensamos em algumas abordagens diferentes”.

A campanha abrange também veiculação em mídias exteriores, como telões de led e carros de som, além de spots em rádios e peças publicitárias em portais online e em jornais de circulação regional. “Visando trazer mais impacto para a situação, tentamos comparar o Aedes aegypti à morte. Os materiais gráficos ilustram o mosquito fantasiado de morte, remetendo à real preocupação da doença. Além disso, é claro, os materiais que se utilizam do artifício do humor também estão inclusos nas redes sociais da Prefeitura de Brusque, buscando dar maior ressonância às mensagens”.

Já os spots e os carros de som apresentam uma sonoridade sombria, com direito à marcha fúnebre e uma narração sinistra falando apenas a frase “a dengue mata!”. “Sobre o carro de som, tentamos persuadir nosso público a tomar os cuidados necessários através da sensação mórbida causada pela peça, como se a dengue estivesse ali, passando na sua rua. Apesar de todos nós sabermos como evitar a dengue, precisamos cada vez mais nos conscientizar e, claro, alertar as pessoas sobre os reais perigos da situação”, finaliza Wilson.

Publicidade
WhatsApp chat