16.6 C
Brusque
segunda-feira, julho 15, 2024
InícioNotíciasGeralSindiEducar apoia Greve dos Professores da Rede Pública Estadual

SindiEducar apoia Greve dos Professores da Rede Pública Estadual

Data:

Publicidade

spot_img
spot_img
spot_img

Nota de Apoio do SindiEducar à Greve dos Professores da Rede Pública Estadual

O Sindicato dos Professores da Rede Pública Municipal – SindiEducar solidariza-se e apoia a greve dos professores da rede pública estadual, liderada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina (Sinte/SC). Entendemos que as demandas dos profissionais da educação não se limitam a uma categoria, mas sim refletem a busca por avanços que beneficiam toda a comunidade educacional.

A greve, deflagrada diante da ausência de respostas concretas do governo estadual às legítimas reivindicações da categoria, representa um movimento corajoso em busca de melhorias para os professores, e também para o fortalecimento da educação em todo o Estado de Santa Catarina. O SindiEducar apoia os pleitos dos colegas da rede estadual, pois acredita que valorizar os profissionais da educação é investir no futuro de nossas crianças e jovens.

A pauta de reivindicações apresentada pelo Sinte/SC é justa e abrange questões essenciais para a valorização da carreira dos professores e o aprimoramento do sistema educacional como um todo, entre elas a aplicação do reajuste do piso salarial em todos os níveis e a descompactação da tabela salarial; a revogação integral do confisco de 14% das aposentadorias; e a garantia de hora atividade para todos os professores dos anos iniciais e segundos professores, com a luta pela sua extensão a todos os profissionais da educação. Esperamos que o governo estadual possa dialogar de forma construtiva com os representantes dos trabalhadores em educação, buscando soluções que atendam às necessidades da categoria e promovam avanços significativos para a educação em Santa Catarina.

O SindiEducar reafirma seu compromisso de estar ao lado dos professores e professoras nessa luta por um ensino público de qualidade e valorização dos profissionais que o tornam possível. Relembramos que também nós, em nível municipal, travamos uma luta no final do ano de 2022 e início de 2023, em uma paralisação dos professores e professoras. Foram quase quatro meses de greve, num movimento em que reivindicávamos o pagamento do Piso Nacional do Magistério, a implementação de um Plano de Carreira, Cargos e Salários, e a definição em lei e garantia da observância da hora atividade a todos os professores, inclusive os da educação infantil. Uma luta necessária, corajosa e infelizmente nem sempre compreendida.

Porém, conseguimos avançar naquele momento, senão em todas, mas em algumas reivindicações. Mas acima de tudo, nos fortalecemos e seguimos com resiliência e espírito de luta, sempre abertos ao diálogo. Mais recentemente, este ano, conseguimos avançar nos pleitos de outrora.

Conquistamos a regulamentação da hora atividade, um marco significativo para toda a categoria, e a histórica implementação do Piso Nacional do Magistério, estabelecendo uma segurança econômica para os educadores municipais. Reafirmamos aqui nosso compromisso com a educação e com a categoria! Reafirmamos agora nossa solidariedade aos colegas da rede estadual de ensino: sua luta é justa e necessária.

Presidente: Deivid Herartt

Foto: SINTE-SC

Publicidade
WhatsApp chat