Artefato explosivo lançado contra Havan de Brasília mobiliza forças de segurança da Capital Nacional

O objeto mobilizou o Esquadrão Antibombas do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope) e assustou clientes do estabelecimento no início da tarde desta sexta-feira, 4.

Publicidade
Utilidade pública

Um artefato semelhante a explosivo foi encontrado no estacionamento da loja Havan, em Brasília (DF), localizada às margens da Estrada Parque Indústria e Abastecimento Sul (Epia). O objeto mobilizou o Esquadrão Antibombas do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope) e assustou clientes do estabelecimento no início da tarde desta sexta-feira (4/1).

O gerente da filial, Alexandre Cardoso Santos, disse que um cliente o chamou, por volta de 11h40, comunicando que havia passado com o carro por um objeto suspeito no estacionamento da loja. “Imediatamente eu chamei a Polícia Militar e isolei uma área em torno de 10m², com cavalete e fita adesiva, com a intenção de evitar possíveis acidentes. A primeira viatura chegou em minutos e acionou a equipe tática. Seis viaturas especializadas e mais o Corpo de Bombeiros estiveram no local. A rua principal foi fechada, cerca de 200m², e um profissional do esquadrão antibomba foi até o artefato. Um robô também foi utilizado para verificar a quantidade de explosivo. ”

Por volta das 14h, a PM informou que o objeto era um simulacro de bomba. O artefato será recolhido pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e passará por perícia. “O cliente viu um objeto estranho e chamou os seguranças do local. Era um objeto que simulava um artefato explosivo. Foi um alarme falso”, explicou o capitão Rogério Nogueira, do esquadrão antibombas do Bope.

Segundo o empresário Luciano Hang, esse invólucro de dinamite (independentemente de ter explodido ou não) mobilizou as principais forças de segurança de Brasília e foi um claro recado de represália a quem (como a Havan) apoia o novo governo e o presidente Bolsonaro.

Publicidade
Últimas notícias

Assinada ordem de serviço para obra na Ponte Prefeito Antônio Heil (ponte do Guarani)

Empresa contratada pelo município tem prazo de 90 dias para executar os trabalhos Em ato realizado no Gabinete do Prefeito,...
Publicidade
WhatsApp chat