Enxurrada em Vidal Ramos deixa água barrenta e eleva nível do Itajaí-Mirim nesta segunda-feira, 14

O montante de água é resultado de uma chuva concentrada seguida de enxurrada na área central de Vidal Ramos e na parte alta de Botuverá

Publicidade
Utilidade pública

O nível elevado e com coloração barrenta do Itajaí-Mirim nesta segunda-feira, 14 de dezembro, tem uma explicação. Apesar de não ter chovido forte nas cabeceiras do rio que corta Brusque, uma forte enxurrada na parte baixa de Vidal Ramos, associada a um volume maior de água em Presidente Nereu, no Alto Vale, fizeram com que o nível do Itajaí-Mirim subisse nesta segunda-feira.

O montante de água é resultado de uma chuva concentrada seguida de enxurrada na área central de Vidal Ramos e na parte alta de Botuverá. O que resultou no rio cheio, porém com uma vazão bastante rápida.

O resultado são águas sujas nesta segunda-feira no trecho que corta Brusque. O rio chegou a mais de três metros em Vidal Ramos, porém não durou muito tempo. Mas as imagens que circulam na internet em relação a enxurrada na cidade chamaram atenção dos internautas, além de vídeos impressionantes.

Outro fator que contribuiu para a elevação do no nível do rio foi a chuva que caiu em Presidente Nereu: 66mm.

As informações são das estações meteorológicas do Ciro Groh, que atualmente monitora 11 estações na nossa região, incluindo nas nascentes do Itajaí-Mirim.

Publicidade
Últimas notícias

55ª Pronegócio termina com metas de negociações atingidas

Uma semana inteira de negociações com resultados expressivos. Chegou ao fim nesta sexta-feira, 18 de junho, a 55ª Pronegócio...
Publicidade
WhatsApp chat