Polícia cumpre mandado em Guabiruba por roubo de carga de fios

Foram cumpridos mandados de busca e prisão, apreendidas armas, munições e dinheiro na manhã desta quinta-feira (28), em Guabiruba.

Publicidade
Utilidade pública

Em uma investigação conduzida pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Itajaí, com apoio das polícias da região, incluindo a Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Brusque, foram cumpridos mandados de busca e prisão, apreendidas armas, munições e dinheiro na manhã desta quinta-feira (28), em Guabiruba.

Conforme o responsável pela investigação, delegado Rodrigo Andrade da DIC de Itajaí, a investigação diz respeito a roubo de carga de fios que eram roubados nas regiões próximas ao litoral e de Brusque, que eram reinseridas na cadeia produtiva para se transformar em malha utilizando empresas de fachada ou notas fiscais frias para conseguir esquentar os produtos no mercado novamente. Ouça o que diz o delegado Rodrigo, da DIC de Itajaí!

Delegado Rodrigo Andrade, DIC de Itajaí, responsável pelas investigações

A investigação durou vários meses, e na manhã desta quinta-feira dois empresários do ramo têxtil foram presos, além de funcionários que também foram presos para apresentar explicações. “A DIC de Itajaí tem uma parceria muito grande com a DIC de Brusque e eles nos auxiliaram em realizar alguns levantamentos e principalmente hoje, no cumprimento destas buscas, foram encontradas munições e armas de posse ilegal”, detalha o chefe da DIC de Itajaí.

De acordo com o delegado responsável pela DIC de Brusque, Alex Bonfim Reis, desde de o início da investigação houve o contato entre as polícias, com apoio e troca de informações. “Com o andar das investigações, o delegado de Itajaí representou por mandados de busca e prisão que foram cumpridos na manhã de hoje, junto com policiais de outras cidades no cumprimento de buscas domiciliares e prisão de empresário”. Ouça o que diz o delegado Alex Bonfim Reis!


Delegado Alex Bonfim Reis, DIC de Brusque, que deu apoio às investigações

Na residência do empresário, morador de Guabiruba, foram encontrados três armas, documentos e uma quantidade considerável de munição.

A investigação ainda está em andamento, pois além das munições e armas, valores em dinheiro também foram apreendidos. Após análise do que foi apreendido, o material será encaminhado ao Fórum para que o caso seja prosseguido à ação penal.

Nenhum nome foi divulgado para não atrapalhar a investigação que ainda segue sob diligências.

Publicidade
Últimas notícias

Primeira fase da Copa do Brasil tem confrontos definidos por sorteio

Um sorteio na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta segunda-feira (17) definiu os 40 duelos da primeira fase...
Publicidade
WhatsApp chat