Presidente da OAB/Brusque fala sobre valor de consulta e acordo com corregedor do TRT sobre alvarás

Nas duas últimas semanas os dois assuntos foram destaque entre a classe dos advogados de Brusque e da região de abrangência da secional.

Publicidade
Utilidade pública

A Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção de Brusque reuniu advogados e advogadas na noite de quarta-feira, 27 de março, para sua assembleia mensal. O principal assunto do dia foi o lançamento da campanha de valorização dos honorários advocatícios, destacando o valor mínimo de R$ 350,00 para consulta, e a observância dos demais valores fixados na tabela da OAB de Santa Catarina.

Por outro lado, o impasse que envolvia a 2ª Vara do Trabalho de Brusque e os advogados e advogadas da região, diante da exigência do juiz do Trabalho, Dr. Roberto Massami Nakajo, para que os profissionais juntassem aos processos cópia do contrato de honorários advocatícios, firmado com seus clientes para emissão de alvarás, obteve uma solução paliativa. O resultado foi conquistado após reunião realizada entre o presidente da OAB Brusque, Dr. Renato Munhoz, acompanhado de um grupo de advogados e também do presidente da Comissão de Direito do Trabalho da Subseção, Dr. Alexandre Olinger, com o desembargador do Trabalho, o corregedor José Ernesto Manzi.

munhozestudio
Dr. Munhoz no estúdio em entrevista a Sérgio Ferreira.

Dr. Renato Munhoz, presidente da OAB Seccional Brusque falou sobre os temas em entrevista ao Jornal da Diplomata.

Entrevista com o presidente da OAB/Brusque Dr. Renato Munhoz.

Publicidade
Últimas notícias

FME retoma escolinhas de iniciação esportiva com grade de modalidades

A prefeitura de Brusque, por meio da Fundação Municipal de Esportes (FME), vai retomar as atividades das escolinhas de...
Publicidade
WhatsApp chat