Reunião discute videomonitoramento em Brusque

Município ganhou 20 câmeras com tecnologia OCR que serão utilizadas para estudos de mobilidade e, também, para aumentar a segurança no perímetro urbano

Outras notícias da semana

Philarmonia Brusque lança no dia 6 de dezembro o Camarote Virtual com clipes natalinos

Depois de muitos ensaios, captura de imagens e gravações em estúdio, a Philarmonia Brusque está com tudo pronto para o lançamento do Camarote...

Dois capotamentos na ligação entre Brusque e Nova Trento mobilizam Corpo de Bombeiros e PRE

O Corpo de Bombeiros foi acionado para um capotamento de veículo na rodovia Gentil Batisti Archer (SC-108), trecho de ligação entre os municípios de...

Recadastramento de aposentados está suspenso até o fim do ano

 A exigência da prova de vida anual de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está suspensa até o fim do...

Consulado do Inter em Brusque arrecada R$ 7.500 com rifa em prol da Laurinha

O consulado do Sport Clube Internacional em Brusque realizou uma rifa em prol da campanha Salve Laurinha. Com cerca de 40 sócios e mais...

O prefeito de Brusque, Jonas Paegle, acompanhado do vice-prefeito Ari Vequi, se reuniu, durante a tarde da última quarta-feira (15), com integrantes da sociedade civil organizada, da Secretaria Municipal de Trânsito e Mobilidade (SETRAM), do 18º Batalhão de Polícia Militar e da Polícia Civil.

Em pauta, os participantes deliberaram sobre a utilização de 20 câmeras digitais imbuídas com a tecnologia Optical Character Recognition (OCR), capazes de identificar placas veiculares, em pontos estratégicos do municípios. O Município de Brusque recebeu os equipamentos recentemente como doação do Distrito de Karlsruhe, objeto das “50 Parcerias Municipais para o Clima”.

Originalmente, as câmeras deverão ser utilizadas para estudos de mobilidade urbana. Porém, a administração municipal estuda a possibilidade de utilizá-las, também, como aparatos de segurança pública. “Junto com as entidades, chegamos a um denominador comum. Vamos unir o útil ao agradável, respeitando o principal objetivo do projeto conjunto com a Alemanha, e também dando uma atenção à importante questão do videomonitoramento”, ressalta o vice-prefeito de Brusque.

A ideia, conforme Vequi, é de que as entidades associativistas do município, como a Associação Empresarial de Brusque (Acibr) e a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), paguem a instalação das câmeras, enquanto a SETRAM irá realizar o custeio mensal dos aparelhos.

“Poderemos identificar, desta maneira, situações perigosas que se deslocam para Brusque. Estamos discutindo a segurança da cidade, mesmo sendo dever do estado, e isso é fundamental para o nosso futuro”, salienta o chefe do Poder Executivo municipal, Jonas Paegle.

Últimas postagens

Confira o boletim epidemiológico desta terça-feira, 1º de dezembro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 198 novos casos confirmados de Covid-19 na cidade, nas últimas 24 horas. Conforme o último boletim epidemiológico...

Rua Poço Fundo passa por detonação de laje

Nesta quarta-feira (02) a rua Poço Fundo vai passar por uma detonação de rocha, a ação faz parte das obras de drenagem, pavimentação asfáltica...

Apae de Brusque divulga ganhadores da Rifa de 2020 da entidade

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Brusque realizou na segunda-feira, 30 de novembro, a divulgação dos ganhadores da Rifa de...

Mulher morre em acidente na SC-108, em São João Batista

Uma mulher de 31 anos morreu vítima de acidente em São João Batista, na tarde desta terça-feira, 1º de dezembro. De acordo com a...

CDL Brusque e Prefeitura acendem as luzes de Natal nesta sexta-feira, 04

Diferente dos anos anteriores, em 2020 a Praça Barão de Schneeburg de Brusque não terá casa do Papai Noel, para evitar aglomerações devido a...
Publicidade
WhatsApp chat