PM flagra homem acusado de ameaça com animal de caça e munições

Publicidade
Utilidade pública

A Polícia Militar prendeu um homem na tarde desta sexta-feira, 31, no município de Guabiruba, na rua Gilmar Polheim, bairro Lageado Baixo. De acordo com a PM, a denúncia inicial era de que o acusado estava ameaçando o cachorro do sobrinho, em posse de uma espingarda, para que o cão pulasse o cercado e “fosse justificadamente abatido”, com diz o relatório.

No entanto, o cão não pulou o cercado, mas latiu bastante às provocações.

Em seguida, o acusado se voltou para as vítimas que estavam na residência e fez ameaças de morte. Guarnições da PM se deslocaram para o endereço e no local abordaram dois homens.

No trabalho de revistas, os policiais encontraram uma munição intacta, calibre. 32, e um saco plástico, que um dos homens tentou se desfazer – nenhuma arma não foi encontrada.

Neste invólucro, foi encontrado um tatu morto e limpo no seu interior. Os policiais autuaram o acusado com base na lei Maria da Penha, tendo em vista que a ameaça se deu em ambiente familiar.  Além do animal de caça e da munição, os policiais uma cavadeira de ferro e dois facões.

O caso foi encaminhado para delegacia.

Publicidade
Últimas notícias

Câmara de Guabiruba realiza a primeira sessão ordinária de agosto, após período de recesso

Na noite de terça-feira, 03, ocorreu sessão ordinária na Câmara Municipal de Guabiruba, a primeira de agosto após o...
Publicidade
WhatsApp chat