Campanha de imunização contra a gripe atinge 81% da meta dos grupos prioritários

As doses são distribuídas pelo Governo Federal conforme a quantidade de moradores dos grupos prioritários

Outras notícias da semana

Brusque imunizou 23.171 pessoas na Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, entre os dias 10 de abril e 31 de maio. As doses que sobraram após o fim da mobilização ficaram disponíveis de toda a sociedade e se esgotaram em menos de dois dias.

O número representa 81,58% das 28.403 pessoas que estavam aptas a se vacinar. Vale salientar que, diferente de outras campanhas, a vacina contra a gripe é destinada a uma parcela da população. As doses são distribuídas pelo Governo Federal conforme a quantidade de moradores dos grupos prioritários, levando em consideração dados do IBGE.

Segundo o Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, professores (90,95%), crianças com cinco anos (90,88%), idosos acima de 60 anos (88,79%), profissionais da saúde (87,16%) e crianças entre seis meses e dois anos (76,12%) estão entre os cinco grupos que procuraram as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e a Policlínica Central durante a mobilização.
A Secretaria de Saúde ainda dispõe de uma reserva técnica de doses para crianças de até três anos e gestantes, que tomam a vacina em duas etapas. No caso das crianças, pais ou responsáveis devem retornar 30 dias após ter tomado a primeira dose, visando garantir o ciclo completo da vacinação.

Casos da doença

Até a última quinta-feira (6), Brusque já havia registrado 16 casos suspeitos de gripe, sendo um do subtipo H3N2 e oito de H1N1. No total, um paciente veio a óbito em maio. Seis casos foram considerados negativos e uma amostra aguarda o resultado definitivo.

Segundo a enfermeira Natália Cabral Marchi, os casos que são investigados se referem a pacientes que foram internados e tiveram coletadas amostras que são encaminhadas ao Laboratório Central do Estado.

“Para fins estatísticos, não são computados pacientes que são atendidos na rede privada ou de convênios e, também, de pacientes que acabam contraindo a gripe e logo que diagnosticado pelo médico nos postos de saúde, iniciam o tratamento com o medicamento Tamiflu”, destaca.

Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat