Dupla com brusquenses finaliza o RAAM – Race Across América

Publicidade
Utilidade pública

Uma competição que coloca na bagagem aventura, amizade, superação e uma viagem inesquecível. Assim se pode definir o Race Across América – RAAM, que teve a participação de muitos brasileiros e atletas de 35 países.

Cleiton Anderson de Souza (de Brusque) e Bernardo Kochen, de Curitiba.
Cleiton Anderson de Souza (de Brusque) e Bernardo Kochen, de Curitiba.

A prova que é tida como uma das mais desafiadoras do mundo para ultraciclistas, passa por 12 estados americanos, com largada na Califórnia e chegada em Mayrland.

Para os participantes, foram pouco mais de 5 mil km de histórias inesquecíveis – algumas delas contadas aqui pela trajetória da dupla Cleiton Anderson de Souza (de Brusque) e Bernardo Kochen, de Curitiba.  O brusquense Odirlei Dell’Agnolo, conhecido como “Bah”, esteve na equipe de apoio/staff.

Dupla com brusquenses finaliza o RAAM nos Estados Unidos
Dupla com brusquenses finaliza o RAAM nos Estados Unidos

A dupla cruzou a linha de chegada na quarta colocação, após momentos intensos na reta final do RAAM. Nas primeiras estações do Race a dupla chegou a ocupar a 2ª colocação, mas, episódios de desidratação e cansaço levam a equipe diminuir o ritmo e perder posições – frente aos limites dos desertos americanos.

Não importa a condição, de todo deserto, sempre se sai com lições e superação – assim também aconteceu ao team brasileiro/brusquense. As estações finais desafiaram novamente a dupla Bado e Cleiton – contou Odirlei “Bah” à reportagem.

Com a linha de chegada a menos de duas milhas (pouco mais de 3km), a equipe recuperou a quarta colocação e ficou a 1,5 milhas do terceiro lugar.

Dupla com brusquenses finaliza o RAAM nos Estados Unidos
Dupla com brusquenses finaliza o RAAM nos Estados Unidos

“Queríamos acabar o RAAM e o espírito competitivo baixou no time muito forte, mas, nossos atletas se conscientizaram que poderia custar um cansaço sobrenatural e preferiram relaxar, pois o que importa é a maneira de cumprir o Race Across América, de forma divertida e segura” frisou Bah.

A dupla terminou a prova em 7 dias e 18 horas – um dos melhores de duplas brasileiras do RAAM.

Saiba mais da competição.

Dupla com brusquenses finaliza o RAAM nos Estados Unidos
Dupla com brusquenses finaliza o RAAM nos Estados Unidos
Publicidade
Últimas notícias

Matriz de risco aponta três regiões em nível grave e 13 em situação gravíssima

A Matriz de Risco Potencial divulgada neste sábado, 15, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) aponta que três...
Publicidade
WhatsApp chat