Prêmio de literatura coroa trabalho de Saulo Adami com a saga do Planeta dos Macacos

Outras notícias da semana

O universo de Planeta dos Macacos coroa novamente o trabalho do escritor brusquense Saulo Adami, pesquisador da saga há 40 anos – com rico material histórico de estudo dos bastidores do filme, que teve seu primeiro lançamento em 1968.

Com o título “A Invasão dos Macacos”, Adami foi vencedor da 6ª edição da Odisseia de Literatura Fantástica. A cerimônia de premiação foi realizada no último final de semana, em Porto Alegre (RS).

Com o título “A Invasão dos Macacos”, Adami foi vencedor da 6ª edição da Odisseia de Literatura Fantástica.
Com o título “A Invasão dos Macacos”, Adami foi vencedor da 6ª edição da Odisseia de Literatura Fantástica.

Saulo concorreu pela categoria narrativa-curta. O conto inscrito foi publicado em quatro obras do escritor, um deles, no título Estrada de Papel – que reúne o trabalho biográfico de Saulo, publicado em 2017 e o próprio livro de mesmo título (Invasão dos Macacos), lançado em 2018, que carrega o conto vencedor do concurso literário, voltado para o reconhecimento de escritores de ficção científica.

A narrativa teve publicações e foi traduzida para quatro países: EUA, Canadá, Escócia e Inglaterra, em publicações voltadas para a história da série.

O conto narra a história de um casal em Londres, que vai assistir à estreia do filme. Ao saírem da sessão de cinema deparam-se com a “invasão” dos Planetas do Macaco no reino britânico.

Para Adami, o prêmio consagra um trabalho de muitos anos e mexeu profundamente com o seu trabalho de origem, sobre uma das mais consagradas séries de ficção científica dos cinemas em todos os tempos.

Saulo entre os escritores premiados na 6ª edição da Odisseia de Literatura Fantástica (Foto/Divulgação)
Saulo entre os escritores premiados na 6ª edição da Odisseia de Literatura Fantástica (Foto/Divulgação)

“Foi uma surpresa e uma emoção extraordinária depois de tanto tempo, minha literatura não é tão grande, por isso quando a gente recebe o reconhecimento que é da nossa origem, foi extraordinário – passou um filme na minha cabeça naquele momento”, destacou Adami, ao Jornal da Diplomata.

Fora os contextos literários, Saulo continua em ritmo intenso de obras e publicações históricas e bibliográficas. Recentemente, o escritor lançou o título “Brusque” que pode ser encontrado nas livrarias da cidade, entre outras obras.

O trabalho mais recentemente lançado, com o título “Brusque” pode ser encontrado nas livrarias da cidade.
Saulo Adami com a obra “Brusque” nos estúdios da Rádio Diplomata.

Mais detalhes da obra e dos trabalhos do escritor no Jornal da Diplomata deste sábado, 31.

Acompanhe a entrevista concedida ao Jornal da Diplomata.

Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat