Brusquense Carlos Alberto Civinski toma posse como juiz substituto no TRE-SC

Desembargador Carlos Alberto Civinski toma posse como juiz substituto no TRE-SC

Publicidade
Utilidade pública

Tomou posse, na sessão desta terça-feira (17), como juiz substituto do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, na classe desembargador, o des. Carlos Alberto Civinski.

Após ser empossado e receber as boas-vindas do presidente do TRE-SC, desembargador Cid Goulart Júnior, o novo juiz da Corte foi saudado pelo vice-presidente do TRE-SC, des. Jaime Ramos. “Quero apenas cumprimentar o desembargador pela posse e desejar a ele que tenha todo o sucesso, como sempre teve em toda a sua brilhante carreira”, desejou o des. Ramos.

Em nome do Ministério Público Eleitoral, o procurador regional eleitoral, Marcelo da Mota, também saudou o desembargador. “Desejo ao desembargador boas-vindas ao TRE e boa sorte. A sua fama como grande jurista lhe precede aqui no Tribunal, então tenho certeza que Vossa Excelência vai fazer uma jornada brilhante aqui no TRE”, declarou o procurador.

Cid Goulart Jr., presidente do TRE-SC; des. Carlos Alberto Civinski; e Maximiniano Sobral, secretário judiciário do TRE-SC. (Foto: Assessoria de Comunicação Social do TRE-SC)

Em seu discurso de posse, o desembargador Civinski agradeceu a oportunidade de fazer parte do Pleno do TRE-SC. “Eu vivi o eleitoral a minha vida inteira. Fui presidente de mesa receptora de votos, fui presidente de mesa apuradora de votos, depois fui juiz eleitoral, presidindo inúmeras eleições em várias comarcas. Sempre levei a bom termo os pleitos eleitorais em que participei. Queria dizer da minha honra de poder ter iniciado da forma que iniciei e hoje estar aqui podendo fazer parte integrante desta Corte”, afirmou o desembargador.

Breve currículo

O desembargador Carlos Alberto Civinski é natural de Brusque-SC e graduou-se em Direito pela Fundação Universitária da Região de Blumenau (FURB) em 1984.

Ingressou na magistratura catarinense em 1988, como juiz substituto, atuando nas Comarcas de Abelardo Luz, Xanxerê, São Lourenço d’Oeste, Brusque, Gaspar, Itajaí, Balneário Camboriú, Blumenau e Dionísio Cerqueira.

Em 1990, foi promovido a juiz de direito, atuando nas Comarcas de São Domingos, Santa Cecília, Campos Novos, Curitibanos, Blumenau e Brusque. Já em 2008, foi promovido ao cargo de desembargador substituto, tendo atuado na Câmara Civil Especial e na Quarta Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

Em 2012, tomou posse como desembargador, tendo atuado na Terceira Câmara Comercial e, desde julho de 2012, na Primeira Câmara Criminal.

De 2012 a 2015, atuou como vice-presidente do Fundo de Reaparelhamento da Justiça do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, sendo nomeado, em seguida, ao cargo de presidente, condição que ainda ocupa.

Publicidade
Últimas notícias

Boletim apresenta 21 novos casos de Covid-19 em Brusque nas últimas 24h

O boletim epidemiológico divulgado pela Diretoria de Vigilância em Saúde na tarde desta terça-feira (21), informa que são 29.093...
Publicidade
WhatsApp chat