Poder Executivo e Ama Brusque discutem parcerias

Entidade inaugura clínica nesta sexta-feira (28) no campus da Uniasselvi

Publicidade
Utilidade pública

O prefeito de Brusque, Jonas Paegle, recebeu em seu gabinete, na tarde de quarta-feira (27) a presidente da Associação de Pais, Profissionais e Amigos dos Autistas de Brusque e Região (Ama Brusque), Guédria Baron Motta.

O objetivo da reunião foi a busca por apoio a entidade, que inaugura sua nova sede nesta sexta-feira (28), no campus da Uniasselvi, localizado na Vila Schlösser, no centro da cidade. No local irá funcionar a Clínica Ama, que prestará atendimento gratuito a crianças com autismo do município.

Entidade inaugura clínica nesta sexta-feira (28) no campus da Uniasselvi. (Foto: Divulgação / Secom)

Também participaram do encontro o vereador Deivis Silva, o diretor de gabinete Rafael Scheibel de Andrade e a conselheira fiscal da Ama, Ariana Aluppes.

Desde que assumiu a presidência da entidade, Guédria busca apoio para ampliar a atuação da Ama Brusque na cidade. “Nosso objetivo é avançar em busca de políticas públicas e outros incentivos que garantam o acesso de crianças em vulnerabilidade social às terapias de estimulação, como: psicologia, psicopedagogia, fonoaudiologia, entre outras”, explica.

De acordo com ela, o autismo é uma condição meio e não uma condição fim e com a intervenção adequada é possível que a criança caminhe dentro do espectro e passe dos níveis mais severos aos mais leves. “Podemos dar a ela mais autonomia e qualidade de vida por meio das terapias. O problema é que temos R$ 30 mil (arrecadados no pedágio) e 200 crianças. Essa conta não fecha”, enfatiza.

A presidente comentou também, que atualmente Brusque conta apenas com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) que estimula crianças com autismo até os seis anos. Após essa idade, os pais precisam recorrer a terapias na rede particular.

O prefeito parabenizou a Ama pelo trabalho realizado e destacou a importância da parceria do Poder Público com as entidades, em benefício da população. “A associação realiza um trabalho muito importante. Pesquisas demonstram que o número de crianças com autismo está crescendo rapidamente. Por isso, vamos contribuir com o trabalho da entidade”, comenta Paegle.

Recursos

Será realizado para a Ama Brusque, no próximo mês, o repasse de R$ 10 mil de subvenção social para custeio da manutenção da entidade.

“A Ama nos apresentou já no final do ano passado um Plano de Trabalho, por isso é possível esse repasse agora. Também ofertamos à entidade uma sala na Arena, que pode ser utilizada se a associação necessitar, como sede provisória. A Ama também pode concorrer este ano aos recursos do Fia, e se beneficiar do repasse do Imposto de Renda de empresas de lucro real, que poderão a partir de agora optar por contribuir com o seu plano de trabalho”, revela o diretor de gabinete.

De acordo com ele, a entidade também será chamada para uma reunião no mês de março envolvendo as Secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social, para tratar da proposta de convênio de cessão de servidores públicos, principalmente no que se refere a atendimentos médicos.

“Além disso, a Ama Brusque deve compor o Calendário Anual das entidades que recebem subvenções sociais para fins de utilidade pública e serviços de contraprestação para o município, em favor da comunidade. Isso já será previsto no orçamento de 2021”, completa Andrade.

Entidade inaugura clínica nesta sexta-feira (28) no campus da Uniasselvi. (Foto: Divulgação / Secom)
Publicidade
Últimas notícias

Assinada ordem de serviço para obra na Ponte Prefeito Antônio Heil (ponte do Guarani)

Empresa contratada pelo município tem prazo de 90 dias para executar os trabalhos Em ato realizado no Gabinete do Prefeito,...
Publicidade
WhatsApp chat