Coronavírus: Procon de Brusque divulga carta de recomendação ao comércio

Medida se deve a prática de preços abusivos em produtos, como álcool gel, luvas e máscaras

Outras notícias da semana

Brusque é derrotado pelo Tombense, em Minas Gerais

O Brusque foi à Tombos, em Minas Gerais, para enfrentar o Tombense pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Brusque começou pressionando, logo aos três...

Brusque registra mais um óbito por covid-19; mulher de 73 anos

A cidade Brusque registrou na manhã desta quarta-feira (24) o óbito de número 61, associado ao Coronavírus. Trata-se de uma mulher de 73 anos,...

Aumento dos casos da Covid-19 foi tema principal da reunião da Câmara de Guabiruba

Na noite de terça-feira, 24, aconteceu mais uma sessão ordinária da Câmara Municipal de Guabiruba, sendo os trabalhos presididos pela vereadora Rosita Kohler (Progressistas). ...

Operação ‘Bioma’ de combate ao tráfico de animais silvestres tem alvo investigado em Guabiruba

Na manhã desta segunda-feira, a Divisão de Investigação Criminal de Brusque - DIC, prestou apoio a "Operação Bioma" desencadeada pela Delegacia de Repressão a...

O Procon Municipal de Brusque divulgou nesta terça-feira (17), Carta de Recomendação às empresas que comercializam produtos utilizados na prevenção do Coronavírus (Covid 19), como álcool gel, luvas e máscaras, para que não elevem os preços sem justo motivo.

A medida foi realizada após o recebimento de denúncias por parte da população. “Em decorrência de inúmeras denúncias recebidas em relação ao aumento excessivo dos preços dos produtos de prevenção ao vírus, emitimos carta de recomendação a todos os estabelecimentos comerciais, que vendem esse tipo de produto. Pedimos para que se abstenham de praticar o aumento injustificado desses produtos, sob pena de incorrer em sanções decorrentes a espécie, inclusive com a cassação do alvará de funcionamento como medida cautelar, sem prejuízo de demais sanções previstas no Código de Defesa do Consumidor”, explica o diretor geral do Procon, Volnei Montibeller.

Procon de Brusque. (Foto: Divulgação / Secom)

Para a elaboração da carta, o Procon considerou o Artigo 6º do Código de Defesa do Consumidor, que prevê a proteção contra publicidade enganosa e abusiva, métodos comerciais coercitivos ou desleais, bem como, contra a prática e cláusulas abusivas ou impostas no fornecimento de produtos e serviços.

O documento também considera o Artigo 39 do Código, que veda exigir do consumidor vantagem manifestamente excessiva, bem como elevar sem justa causa o preço de produtos ou serviços.

Contato

O Procon de Brusque atende na Praça da Cidadania, das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30, de segunda à sexta-feira. Fones: 3351-0686 e 3351-0026

Últimas postagens

COVID-19: Boletim epidemiológico de 25 de novembro

Brusque registrou nas últimas 24 horas 213 novos casos de Covid-19. Agora, a cidade conta com 8.179 pessoas que já contraíram a doença. Deste...

Endorfina – Resultado de 25 de novembro de 2020

Torre de Chope do Sombreiro Choperia. De terça a sábado a partir das 18h, novo ambiente com um super cardápio e chope sempre gelado....

Polícia Civil prende homem por tráfico, posse de munição e com mandado em aberto

No início da tarde desta quarta-feira (25) policiais civis da Divisão de Investigação Criminal de Brusque, da Delegacia de Polícia da Comarca de Brusque...

Guabiruba implementa restrições após matriz de nível gravíssimo para Covid-19

Com a mudança da matriz de risco para gravíssimo em toda a região do Médio Vale, a Prefeitura de Guabiruba continua a seguir as...

Interligado – Resultado de 25 de novembro de 2020

Pizza grande 3 sabores (tradicionais) da Ramalhone Pizzaria, 100% Delivery entregue na sua casa. Ramalhone mais que uma pizza, uma verdadeira experiência...
Publicidade
WhatsApp chat