Prefeitura de Botuverá confirma primeiro caso de coronavírus no município

Paciente é um homem de 38 anos que trabalha em Brusque

Outras notícias da semana

Operação prende dois irmãos em Brusque: um com mandado de prisão por roubo e outro por posse de arma de fogo

No início da tarde desta quinta-feira, 19, policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Brusque e da Delegacia de Polícia da Comarca...

Aumento dos casos da Covid-19 foi tema principal da reunião da Câmara de Guabiruba

Na noite de terça-feira, 24, aconteceu mais uma sessão ordinária da Câmara Municipal de Guabiruba, sendo os trabalhos presididos pela vereadora Rosita Kohler (Progressistas). ...

Consulado do Inter em Brusque arrecada R$ 7.500 com rifa em prol da Laurinha

O consulado do Sport Clube Internacional em Brusque realizou uma rifa em prol da campanha Salve Laurinha. Com cerca de 40 sócios e mais...

Polícia Civil prende homem por tráfico, posse de munição e com mandado em aberto

No início da tarde desta quarta-feira (25) policiais civis da Divisão de Investigação Criminal de Brusque, da Delegacia de Polícia da Comarca de Brusque...

A Prefeitura de Botuverá, por meio da Secretaria de Saúde, confirmou, na manhã desta quarta-feira (01), o primeiro caso de coronavírus na cidade.

Trata-se de um homem, de 38 anos, que reside em Botuverá e trabalha em Brusque. Estava em monitoramento e isolamento domiciliar desde o dia 23 de março, quando apresentou sintomas como febre, tosse e dor de garganta com piora no dia 27, onde foi coletado material para análise. A amostra do exame do paciente foi enviada para um laboratório particular e o resultado se mostrou positivo para o coronavírus. O Laboratório informou o resultado para a Secretaria de Saúde na noite de terça-feira, 31 de março.

Segundo dados da Vigilância Epidemiológica o município conta, ainda, com 29 pessoas sendo monitorados em suas casas. Além disso, 1 caso suspeito foi descartado.

A secretária de saúde, Márcia Cansian, reforça a necessidade do isolamento social. “É importante que as pessoas se conscientizem da necessidade de ficar em casa. Muitos irão apresentar sintomas, e muitos não. Mas as pessoas mais vulneráveis poderão ter um prejuízo de saúde imensurável. Não há outro jeito”, ressaltou.

Paciente é um homem de 38 anos que trabalha em Brusque. (Arte: Secom Botuverá)

Últimas postagens

Consulado do Inter em Brusque arrecada R$ 7.500 com rifa em prol da Laurinha

O consulado do Sport Clube Internacional em Brusque realizou uma rifa em prol da campanha Salve Laurinha. Com cerca de 40 sócios e mais...

Médico Phelipe de Souza comenta sobre a segunda onda da Covid-19

O médico alergista e imunologista Phelipe de Souza falou ao Jornal da Diplomata na manhã desta quinta-feira, 26, sobre os impactos da segunda onda...

Posse da nova diretoria da RFCC e também evento realizado pelo Rotary foram destaques do Jornal da Diplomata

Na manhã desta quinta-feira, 26, o Jornal da Diplomata repercutiu a eleição da nova diretoria da Rede Feminina de Combate Câncer de Brusque (RFCC)....
Publicidade
WhatsApp chat