Conselho dos Pastores defende que atividades religiosas são essenciais já previstas pela Constituição

Outras notícias da semana

Nonato é o novo reforço do Quadricolor

O Brusque FC encerrou as negociações para oficializar a contratação do volante Raimundo Nonato Lima Neto, de 25 anos. O volante estava no Figueirense e...

Rua Itajaí será interditada a partir desta quinta-feira (25)

Ação é necessária para a troca de tubulação e ligação de esgoto A rua Itajaí vai ser interditada a partir desta quinta-feira (25), a via...

Matriz de Risco atualizada aponta 15 regiões em estado gravíssimo

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou neste sábado, 20, os dados da Matriz de Risco Potencial em relação ao novo coronavírus. Pela nova...

Posse da nova diretoria da AMPEBr ocorreu na noite de quarta-feira, 24

A Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e região (AmpeBr) realizou na noite desta quarta-feira (24), a posse de sua nova Diretoria...

O vice-presidente do Copab – Conselho dos Pastores de Brusque, Joel Domigues Pereira Filho, falou ao Jornal da Diplomata na manhã deste sábado, 18. O tema em destaque foi analisar o projeto que pede o reconhecimento de atividades religiosas com essencial frente a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Com o projeto do deputado Jair Miotto (PSC), aprovado na ALESC durante a semana, o segmento religioso espera sensibilidade do governador Carlos Moises para que a matéria seja sancionada.

Caso seja vetado, a esperança ficará novamente no posicionamento da assembleia legislativa, que demostra maioria favorável à retomada das atividades religiosas.  

 “A constituição federal já coloca as atividades religiosas como atividade essencial, tanto que houve decreto presidencial neste sentido”, comentou Joel.

O representante do segmento evangélico ressaltou que as igrejas cristas de um modo em geral desempenham um papel importante no acolhimento das pessoas e na prestação de serviços sociais.

“É nítido o aumento do desemprego, pessoas com dificuldades pessoais, vejo que vem de encontro com o anseio da sociedade e necessária essa medida – em relação ao projeto que reconhece”.

Quando ao tramite político, Domingues, que é advogado, destacou que

“A análise do conselho de pastores e do colegiado a igreja é a primeira a se colocar ao lado do governo e das instituições a auxiliar a sociedade; realmente ficamos consternados em não ser chamado de fato simplesmente há um vilipendio a constituição federal e por força de decreto princípios constitucionais serem rasgados”.

De acordo com Joel, o Copab enfatiza que o movimento religioso não requer a retomada sem antes estipular medidas preventivas recomendadas pelas autoridades sanitárias.

“Não defendemos o retorno dos cultos de forma maciça e vamos sim respeitar as medidas de controle sanitário, realmente para conter a decisão deste mal”, explicou.

A reabertura das igrejas para realização de celebrações tem sido um desafio para o segmento cristão. Templos e igrejas com diferentes capacidades para acomodação dos fiéis

“O Conselho de Pastores recomenda que se houve a abertura é que tenhamos no máximo a capacidade de 30% dos acentos e não deixar que ocorra aglomerações – com espaçamento”,

No caso dos cultos evangélicos para realização das celebrações de santa ceia, o Conselho de Pastores pede que sejam tomados cuidados no manuseio dos cálices e na entrega aos fiéis, obedecendo o uso de máscaras, luvas e distanciamento social.  

“Liberdade não é sinônimo de libertinagem, exatamente ao contrário, sempre com muito cuidado, responsabilidade e zelo”, frisou.

Acompanhe a entrevista, realizada por Sergio Ferreira.

Entrevista com Joel Domingues, vice-presidente do Copab.

Últimas postagens

Tilemassa contrata

Tilemassa Argamassas Técnicas contrata pessoa para o marketing interno (prospecção de novos clientes) e vendedor externo. Oferece: salário fixo mais comissão, despesas de almoço e...

Nota do Secretário de Estado da Saúde reconhece “colapso” e municípios são orientados para reforçar medidas

Em nota oficial, o Secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, reconhece que a “situação da pandemia deteriorou no Estado todo e, a...

Posse da nova diretoria da AMPEBr ocorreu na noite de quarta-feira, 24

A Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e região (AmpeBr) realizou na noite desta quarta-feira (24), a posse de sua nova Diretoria...
Publicidade
WhatsApp chat