Prefeitura de Brusque vai distribuir 100 mil máscaras e estenderá isolamento para 28 dias para casos confirmados de Covid-19

As primeiras máscaras já foram entregues nesta segunda-feira (20), na Praça Barão de Schneeburg.

Publicidade
Utilidade pública

A Prefeitura de Brusque editou o decreto 8.596 estabelecendo para 28 dias o isolamento para pacientes confirmados com a Covid-19. Segundo o documento, a decisão ocorre porque alguns casos continuam mostrando indícios da doença mesmo após 14 dias, que era o prazo inicial.

A medida também leva em conta o aumento exponencial do número de casos do município, que passou de 16 para 36 em uma semana. O secretário da Saúde, Humberto Fornari, ainda ressalta que os pacientes contaminados com a Covid-19 devem, obrigatoriamente, se submeter a reavaliação médica entre o décimo e décimo quarto dia a partir da data do afastamento. A medida de isolamento será fiscalizada pelo Setor de Vigilância Epidemiológica.

Prefeitura vai distribuir 100 mil máscaras

Fornari ainda destaca que, para conter a Covid e atender ao decreto municipal que estabelece o uso de máscaras em todas as repartições públicas e privadas do município, a Prefeitura de Brusque vai distribuir 100 mil máscaras na cidade. “Num momento oportuno, em conversa com o empresariado de Brusque e região, conseguimos a doação, numa primeira remessa de 50 mil máscaras, com promessa depois de mais 50 mil”, comenta. “Essas máscaras servirão, de imediato, à distribuição dentro do setor lojista, de supermercados, comércios e outros estabelecimentos que se encontram aberto. Queremos que o decreto realmente seja cumprido em sua íntegra, no sentido de considerar obrigatório o uso de máscara por toda a população brusquense”, ressalta. As primeiras máscaras já foram entregues nesta segunda-feira (20), na Praça Barão de Schneeburg.

Governo Federal vai destinar 1,7 milhões para a cidade
O secretário também enalteceu a vinda de R$ 1,7 milhões para Brusque para tratamento da Covid-19. O valor foi destinado à cidade por meio de repasse do Governo Federal. “Esse montante veio em boa hora, em função de que já empenhamos R$ 1,8 milhões somente nestes primeiros 20 dias de combate à pandemia, dinheiro alocado principalmente nos hospitais da nossa cidade: o Azambuja, com expectativa de R$ 1 milhão, e o Dom Joaquim, mais de R$ 500 mil”, diz. “Esse valor auxilia para engrossar não só o número de médicos e funcionários da área da saúde, mas principalmente em virtude do aumento de exames complementares, entre eles a tomografia, que é um exame de imagem importantíssimo em caso de diagnóstico do coronavírus, Covid-19.

Fonte: SECOM Brusque

Publicidade
Últimas notícias

Vigilância em Saúde divulga boletim epidemiológico deste sábado, 31

Chegam a 27.683 os casos confirmados de Covid-19 em Brusque desde o início da pandemia do novo coronavírus. Esta...
Publicidade
WhatsApp chat