Segmentos religiosos cristãos voltam, aos poucos, a encontros presenciais em Brusque

Saiba como fica situação dos segmentos religiosos cristãos nestes dias de liberação das atividades

Publicidade
Utilidade pública

Segmentos religiosos cristãos de Brusque estão se organizando dentro de suas estruturas locais para, aos poucos, retomarem suas atividades pastorais e administrativas. Isso porquê desde o anúncio da liberação das atividades religiosas, está permitida a retomada de algumas atividades como missas e cultos com a presença de fiéis.

No caso das atividades religiosas, o regramento é bastante rígido e tem portaria publicada no Diário Oficial do Estado. A permissão passou a valer na terça-feira, 21 de abril. Por esta razão, o Jornal da Diplomata buscou ouvir lideranças representativas do segmento cristão para informar ao público dos mesmos como se dará o retorno gradativos destas atividades.

Igreja Católica

Uma das treze Foranias (Região Pastoral) da Arquidiocese de Florianópolis é composta pelas sete paróquias da Forania de Brusque. São elas: Paróquia Nossa Senhora de Azambuja (Azambuja), São Judas Tadeu (Águas Claras), Santa Teresinha (Santa Teresinha), Santa Catarina (Dom Joaquim), São Luís Gonzaga (Centro), São José (Botuverá) e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Guabiruba).

À frente da Forania local, padre Francisco de Assis Wloch foi ouvido pela reportagem e explica que a Igreja Católica segue as orientações do decreto estadual e arquidiocesano, porém cada paróquia da Forania tem a liberdade para pôr em prática as orientações, levando em consideração sua realidade local. Acompanhe a fala do religioso!

Pe. Francisco de Assis Wloch – Vigário Forâneo

Conselho de Pastores de Brusque (Igrejas Evangélicas)

Conforme o Pastor Marcos Fagundes, presidente do Conselho de Pastores (Copab) de Brusque, o conselho tão logo recebeu a atualização do decreto no que diz respeito às igrejas, se reuniu para buscar a melhor alternativa para as igrejas evangélicas. O pastor presidente do Copab deu detalhes ao Jornal da Diplomata. Acompanhe!

Pr. Marcos Fagundes – Presidente Copab

Igreja Evangélica de Confissão Luterana

A Igreja Evangélica de Confissão Luterana se organiza por regiões, chamada de Sínodos. No Vale do Itajaí são aproximadamente 80 mil luteranos e um Pastor Sinodal. Contextualizando, no Brasil são 18 sínodos que formam a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB). Em reunião, pastores sinodais e presidente da IECLB decidiram não retomar os cultos, tendo em vista a preocupação com a vida dos mais vulneráveis nesta pandemia. Muitos idosos participam das missas e dos cultos. Nesse sentido, a Igreja Luterana decidiu por aguardar um entendimento maior e uma leitura mais apurada da situação.

O pároco da Paróquia Bom Pastor da Igreja Evangélica de Confissão Luterana de Brusque, Pr. Edelcio Tetzner, em entrevista ao Jornal da Diplomata, comenta que a igreja tem feito cultos online e duas mensagens a cada semana. Isso acontece num rodízio de pastores, pastoras e Diáconos da União Paroquial. A União Paroquial de Brusque conta com três Paróquias: Bom Pastor (Centro), Martim Lutero (Bateas) e Unidos em Cristo (Bairro Paquetá). Acompanhe o que diz o Pr. Edelcio!

Pr. Edelcio Tetzner – Pároco da Paróquia Bom Pastor

Publicidade
Últimas notícias

Boletim apresenta 21 novos casos de Covid-19 em Brusque nas últimas 24h

O boletim epidemiológico divulgado pela Diretoria de Vigilância em Saúde na tarde desta terça-feira (21), informa que são 29.093...
Publicidade
WhatsApp chat