Otávio Ferreira, do 18º Batalhão, comenta fiscalização e uso da película em veículos e nas viaturas

Outras notícias da semana

Diretoria do Brusque concede coletiva para reafirmar ações e parcerias

Na tarde de quarta-feira, 26, Danilo Rezini, presidente do Brusque FC, concedeu entrevista coletiva para a imprensa regional para falar sobre o trabalho realizado,...

Covid-19: Unidade Móvel estará no estacionamento da Uniasselvi na segunda-feira (30)

A Vigilância em Saúde retoma, na segunda-feira (30), os testes rápidos para Covid-19 com a Unidade Móvel Covid. A testagem, que é exclusiva para...

Brusque registra mais um óbito por Covid-19

Trata-se de um mulher de 57 anos, moradora do bairro Steffen. O início dos sintomas foi em 4 de novembro. No dia 6 ela...

Brusque realiza semana de Mobilização contra Dengue

Na segunda-feira (30) começa a Semana de Mobilização contra Aedes aegypti. A ação é uma sugestão da Vigilância em Saúde do Estado, em alusão...

Algumas reflexões quanto ao uso irregular de películas em veículo:

Primeiramente a película excessivamente escura está comprovado que afeta a visibilidade e a dirigibilidade veicular, repercutindo negativamente na drástica carnificina da estatística de trânsito.

A lei traz que o para-brisa e os vidros laterais dianteiros, com ou sem películas, deverão possuir no mínimo 70% de transparência, lembrando que esses vidros já vem de fábrica basicamente com esse grau, ou seja qualquer película colorida poderá desrespeitar os limites da lei, já os vidros laterais traseiros e o traseiro deverão possuir no mínimo 28%, nesses, poderá ser colocado uma película do tipo G35 (com 35% de transparência).

Depois, a fiscalização de trânsito aqui em Brusque é uma iniciativa do comando atual local, não tendo nada a ver com o comando geral e ou o Estado, muito menos tem como objetivo a arrecadação, mas sim a segurança viária, a segurança dos policiais quando nas abordagens e o mínimo de respeito a lei, ao ponto de usarmos MUITO o bom senso e a FLEXIBILIDADE, pois onde a lei exigem 70% de transparência autuamos somente abaixo de 20%, salvo o para-brisa, onde a lei exige 28% autuamos somente abaixo de 15%.

Também sabemos que um dos motivos que levam muitas pessoas escurecerem excessivamente os vidros veiculares é para fugirem da fiscalização de trânsito quanto ao uso do cinto de segurança e o uso de telefone celular ao volante, inclusive, este último virou um péssimo hábito e está comprovado que é o maior causador de acidentes de trânsito na atualidade.

As pessoas também têm a falsa sensação que transitar com os vidros fechados na película trará mais segurança. Grande equívoco! Quem precisa se esconder é o bandido e não o cidadão de bem cumpridor da lei e da ordem.

Bandidos, marginais, traficantes, praticantes de furtos e roubos, cacheiros, assaltantes de bancos, etc.…, esse sim, devido suas ações criminosas, precisam está se escondendo e, sendo assim, geralmente transitam com os vidros fechados na película.

Quanto ao possível uso de películas irregulares nas viaturas ostensivas, primeiramente informo que elas não possuem película no para-brisa, já nos vidros laterais dianteiros estão com no mínimo 40% de transparência e nos vidros traseiros, devido o transporte de presos, vítimas e ou testemunhas, que requer um certo sigilo e ou cuidado com a exposição e integridade destas, os vidros são mais escuros.

Por fim, reforço que não é por acaso que Brusque é uma das cidades mais segura e exemplo a ser seguido do Brasil. Se depender da vontade deste comandante melhorará ainda mais! Assim conclamo a todo cidadão ordeiro e de bem, que reside em Brusque, para que façamos sempre mais e melhor, cumprindo com o nosso dever, visando uma sociedade mais evoluída, segura e feliz. Força e honra!

Salve Brusque imortal!

Tenente Coronel Otávio Ferreira

Comandante do 18º BPM

Últimas postagens

Confira o boletim epidemiológico desta terça-feira, 1º de dezembro

A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 198 novos casos confirmados de Covid-19 na cidade, nas últimas 24 horas. Conforme o último boletim epidemiológico...

Rua Poço Fundo passa por detonação de laje

Nesta quarta-feira (02) a rua Poço Fundo vai passar por uma detonação de rocha, a ação faz parte das obras de drenagem, pavimentação asfáltica...

Apae de Brusque divulga ganhadores da Rifa de 2020 da entidade

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Brusque realizou na segunda-feira, 30 de novembro, a divulgação dos ganhadores da Rifa de...

Mulher morre em acidente na SC-108, em São João Batista

Uma mulher de 31 anos morreu vítima de acidente em São João Batista, na tarde desta terça-feira, 1º de dezembro. De acordo com a...

CDL Brusque e Prefeitura acendem as luzes de Natal nesta sexta-feira, 04

Diferente dos anos anteriores, em 2020 a Praça Barão de Schneeburg de Brusque não terá casa do Papai Noel, para evitar aglomerações devido a...
Publicidade
WhatsApp chat