ACIBR encontra cenário positivo para retomada econômica, com cautelas da área da saúde

Publicidade
Utilidade pública

Uma reunião presencial, seguindo restrições de saúde, com transmissão ao vivo pela internet, marcou o encontro de autoridades e lideranças empresariais da região para discutir e alinhar ações da retomada econômica em Brusque e região, frente à pandemia do coronavírus – (Covid-19).

O encontro, organizado pela Acibr, foi realizado no anfiteatro da Unifebe. Os protocolos de espaçamento entre as cadeiras, aferição de temperatura corporal, uso de máscara, e disponibilização do álcool em gel, foram assegurados durante o encontro.  

A reunião contou com a participação de 36 lideranças de diversos segmentos, e mais de 80 internautas que acompanharam pela Live.

De acordo com a presidente da Associação Comercial e Industrial, Rita Conti, a iniciativa teve como proposta o levantamento do quadro geral de funcionamento dos serviços públicos e dos setores econômicos, de educação e de saúde.  

“Essa retomada que a gente fala não é para ser corrida ou de qualquer jeito, mas, com muita responsabilidade, foram passadas posições importantes”, destacou Rita.

Embora há ainda incertezas sobre certos setores, como o de eventos, turismo e da educação, o alinhamento das ações deve passar por um alinhamento regional, envolvendo outros municípios.

“É o equilíbrio que nós temos que ter com a saúde e pelos bastidores, na medida do possível o governador vai repassar responsabilidade para os municípios – e nós fazemos parte de uma grande macrorregião. Acredito que com a nossa força nós podemos ajudar e todos podemos crescer com segurança” enfatizou Rita.

No encontro estiveram presentes os prefeitos de Brusque, Guabiruba e Botuverá. O Secretário Municipal de Saúde, Humberto Martins Fornari, destacou que o apoio do empresariado da região tem sido um fator fundamental no enfrentamento à pandemia.

“Muito positiva, a soma de forças das lideranças empresariais aliada as lideranças políticas é de suma importância num momento como este, o resultado tem aparecido pois nossa região é uma das mais que se destaca neste momento de pandemia”, comentou Humberto.

Entre os assuntos que norteiam a retomada econômica, o retorno das aulas na rede pública e nas instituições educacionais particulares, foi um dos assuntos levantados. O coordenador do núcleo de ensino da Acibr, Cláudio Piontkewicz, destacou que o momento é de muitos desafios, que acompanham protocolos técnicos nacionais.

“É um cenário novo e a gente conversou para que se possa fazer uma pesquisa para identificar qual é a disposição dos pais de enviar os filhos para a escola, como um fator importante. Ao mesmo tempo os indicadores da saúde vão nortear de como proceder para atender aos alunos; sabemos que há os grupos de risco e temos que ter o com o cuidado com a vida e ainda o trabalho de educação, que queremos garantir que seja de qualidade”, frisou.

Na última semana, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, anunciou que, a partir do dia 1º de junho, a retomada da atividade econômica no Estado será regionalizada. Isso significa que os municípios terão autonomia para decidir quando o transporte público, a educação básica e demais setores voltarão ao funcionamento.

A ACIBr congrega mais de 800 empresas associadas.

Publicidade
Últimas notícias

Brusque já trabalha no Maranhão visando o Sampaio Corrêa

Após o empate contra o Vitória na última sexta-feira (17), o Brusque Futebol Clube começou a jornada para chegar...
Publicidade
WhatsApp chat