Esquema de compra em supermercados por meio eletrônico, com cartão clonado, revela ação de grupo de estelionatários

Publicidade
Utilidade pública

Um caso de estelionato com cartão clonado movimentou o trabalho da Polícia Militar na noite desta quinta-feira, 18.  A descoberta do golpe revelou um esquema que vinha sendo praticado ao longo da semana por um grupo de cinco homens.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 22h, houve o chamado do gerente de um supermercado no bairro Santa Terezinha. No local estavam dois homens que foram até o estabelecimento para retirar uma compra com valor total de R$ 1.750,66.

A compra foi realizada pelo sistema eletrônico do supermercado. Os suspeitos teriam utilizado um cartão clonado e vinham sendo monitorados ao longo da semana, pois, conforme a gerência do supermercado, um grupo de cerca de cinco homens fizeram diversas compras nos últimos dias, sempre por meio eletrônico e na sequência retiravam os produtos no local.  

Na manhã de ontem, após receberem um pedido, já com pagamento, o gerente recebeu uma ligação telefônica de um morador do estado de Goiás, que relatou uma compra no referido supermercado, com uso de seu cartão de crédito e que o mesmo desconhecia tal transação – revelando o caso do cartão clonado.

Os dois homens foram detidos pela Polícia Militar, enquanto que no mesmo momento, havia em um outro supermercado localizado no Centro, outro caso de retirada de compra pela internet, envolvendo suspeitos investigados – eles deixaram o local antes da chegada da PM.

Por fim, o caso foi encaminhado à Delegacia de Polícia.

Publicidade
Últimas notícias

Brusque registra nove casos de Covid-19 nas últimas horas

O boletim epidemiológico divulgado pela Diretoria de Vigilância em Saúde na tarde desta quarta-feira (1º), demonstra que são 30.243...
Publicidade
WhatsApp chat