Secretária de Educação avalia pesquisa com pais e professores para protocolos de ensino e retorno futuro das aulas

Publicidade
Utilidade pública

A Secretária Municipal de Educação, Eliane Busnardo Buemo, esteve ao vivo no Jornal da Diplomata na manhã desta segunda-feira, 13. Em destaque o cenário de incertezas sobre a volta às aulas na rede municipal.

“Temos conversado em gabinete e diante do agravamento da situação, eu particularmente, não vejo condições de retornamos”, destacou Eliane. O município de Blumenau, por exemplo, citado pela secretária, estendeu o retorno para o mês de setembro – a partir do dia 8.

Conforme Eliane, foram completados mais de cem dias de paralisação das atividades não presenciais na rede municipal, desde o dia seis de abril. Desde então, a secretaria implantou plataformas digitais para dar acesso ao material didático e atividades escolares. Para àqueles que não disponham de meios eletrônicos, é possível a retirada do material de estudo impresso, na própria escola – semanalmente.

Na entrevista, a secretária destacou que uma pesquisa, em forma de levantamento com os pais, apontou que 68% dos responsáveis pelos alunos não sentem confiança em deixar as crianças voltarem para escola. O retorno estaria previsto para o mês de agosto, seguindo o decreto estadual.

“Sobre tudo pela insegurança nas questões de saúde os pais estão receosos”, frisou Eliane.

O levantamento apontou que 95% das famílias possuem Internet e deste percentual, 60% consideram a conexão excelente ou boa.

“Esse é um fator importante e justifica o êxito que tem sido ao longo desses mais de cem dias as atividades não presenciais”.

A pesquisa contou com a participação de 6.968 pessoas, de cada família dos 14 mil alunos atendidos pela rede. Conforme Eliane, os dados somam 70% do total – com base no número de filhos matriculados na rede. Outro dado apresentado é de que houve 2.567 comentários na plataforma da pesquisa, que foram caraterizados em categorias.

– 253 positivos

– 231 negativos (que apontam a pandemia como um todo)

“Não quer dizer necessariamente as atividades apresentadas”, explicou Eliane.

868 mensagens (comentários)

1.215 sugestões

Conforme Eliane, os números serão cruzados com o levantamento feito com os profissionais da educação, que se encerra nesta semana.

“Paralelo ao tratamento dos dados faremos uma análise apurada das sugestões, que muitas estão ligadas ao envio das atividades”, explicou.

Ao todo, são 1.200 salas virtuais, sendo que a Secretaria de Educação tem a chave para monitorar o andamento dos trabalhos. Conforme Eliane, o trabalho de aperfeiçoamento é constante.

“Sabemos que as dificuldades existem para todos, é um momento de reinvenção”, disse.

Na entrevista outros temas, como o atendimento da educação infantil, são comentados pela secretaria de educação.

“Estamos formando uma comissão para elencar protocolos para uma futura volta, há mais de quarenta dias estão trabalhando em todo o contexto”, frisou.

Acompanhe a entrevista, realizada por Sergio Ferreira.

Entrevista com a Secretária Municipal de Educação, Eliane Busnardo Buemo.

Publicidade
Últimas notícias

55ª Pronegócio termina com metas de negociações atingidas

Uma semana inteira de negociações com resultados expressivos. Chegou ao fim nesta sexta-feira, 18 de junho, a 55ª Pronegócio...
Publicidade
WhatsApp chat