Educadora de Brusque conquista segundo lugar em prêmio nacional com projeto “Amigos da Horta”

Outras notícias da semana

Brusque registra mais um óbito associado ao coronavírus

A Prefeitura de Brusque, por meio da Vigilância em Saúde, registra nesta quinta-feira (19) mais um óbito associado ao coronavírus. A nova vítima, a de...

Prefeito eleito de Botuverá participou do Jornal da Diplomata

Na manhã desta sexta-feira, 20, o Jornal da Diplomata, recebeu ao vivo o prefeito eleito de Botuverá, Alcir Merízio. Que falou sobre o processo...

Seis atletas e membros da diretoria do Brusque testam positivo para Covid-19

No início da tarde desta quinta-feira (19), o Brusque Futebol Clube recebeu os resultados dos novos testes da Covid-19. Os atletas Eliomar, Escuro, Gustavo Henrique,...

Nova matriz de risco classifica 13 regiões com nível gravíssimo em SC

A atualização do risco potencial das regiões do estado segue no mapa divulgado pelo Governo do Estado. Todas as regiões do estado estão em...

O Projeto “Amigos da “Horta”, da professora Graziela Boaszczyk Dalcastagner, e desenvolvido com os alunos do SESI Escola, de Brusque, conquistou o segundo lugar no Prêmio Nacional Professor Transformador, na categoria Educação Infantil, que é promovido pela Base2Edu e pela Bett Educar. A cerimônia online de premiação aconteceu na tarde desta quarta-feira, 15, diretamente de São Paulo. Além da professora de Brusque, também foram premiados na mesma categoria os projetos Um Brinquedo Chamado Natureza, de Anderson Kubiaki, da Aldeia da Fraternidade, Porto Alegre/RS, que ficou com o terceiro lugar e Extra, extra, extra: tá na hora de brincar, de Raelen Gonçalves, da Escola Municipal Profª Therezinha Soares, Mogi das Cruzes/SP, que foi o grande vencedor.

“Estar entre os três finalistas, ficar em segundo lugar, levar o nome da nossa escola, do nosso Estado foi uma honra. Gratidão por todo apoio e carinho. E vamos seguindo, fazendo a diferença na educação!”, destacou a professora Graziela.

Segundo a assessora pedagógica da Base2Edu, Nicole Queiroz, o projeto “Amigos da horta”, promoveu o protagonismo infantil, e é perceptível como esse envolvimento dos alunos aumenta ainda mais o interesse e a curiosidade.

“Por meio de vivências significativas e interdisciplinares, os resultados obtidos por essas crianças são respostas de suas ações, reconhecendo as crianças como atores sociais tanto em suas próprias vidas, como na escala social. Esperamos que o projeto seja replicado por diversos educadores”, destacou Nicole.

O projeto “Amigos da Horta” foi conduzido com as crianças da pré-escola e contou com mais de 40 etapas, todas interligadas, contemplando as experiências previstas pela Base Nacional Comum Curricular. Na horta, colocando a mão na terra, as crianças desenvolveram o raciocínio lógico-matemático, aprenderam a trabalhar em equipe, a respeitar às diferenças e a cooperar. E, depois, na sala de aula, com as hortaliças colhidas, elas realizaram receitas, desenhos de observação, criação de jogos, tintas naturais, entre outras atividades.


Atividades fora dos muros da escola, incentivando o protagonismo infantil, a interdisciplinaridade, o contato com a natureza e a interação com outras crianças, inclusive com alunos da APAE, também fizeram parte do projeto. Para Graziela, a interdisciplinaridade precisa ser trabalhada de forma contextualizada. “Essas interações foram fundamentais para obter os resultados que tivemos, pois, além de trabalhar habilidades acadêmicas, as crianças se tornaram mais participativas, com empatia, tendo respeito nas atividades e cooperação para ajudar os amigos”, completou a professora Graziela. 

“O ensino para crianças no SESI é pautado pelo princípio de que elas são naturalmente curiosas, criativas e inventivas e pela prática educativa da mão na massa. Nossos professores são capacitados frequentemente para levar à sala de aula o que há de mais moderno em educação infantil, levando em conta referências internacionais de sucesso. Por isso, nossa presença numa premiação com esta evidencia o compromisso dos nossos profissionais com a vanguarda na educação. Parabéns a professora Graziella pelo reconhecimento nacional”, comenta o diretor de educação e tecnologia da FIESC, Fabrizio Machado Pereira.

Premiação
O Prêmio Professor Transformador é uma iniciativa da Base2edu, da Bett Educar e do Instituto Significare e foi lançado durante a Bett Educar 2019 para destacar projetos educacionais inovadores desenvolvidos por professores da educação básica em todo o país. Nesta primeira edição, o prêmio recebeu mais de 1,2 mil projetos que passaram por diversas etapas de seleção ao longo de um ano. Os vencedores de cada categoria  apresentarão os trabalhos na Bett Educar 2020, receberão uma viagem para participar da BETT Educar 2021, em Londres, além de R$7 mil. Os trabalhos vencedores também serão divulgados na Revista Direcional Escola.

Últimas postagens

Endorfina – sorteio de 25 de novembro.

Torre de Chope do Sombreiro Choperia. De terça a sábado a partir das 18h, novo ambiente com um super cardápio e chope sempre gelado....

Polícia Civil prende homem por tráfico, posse de munição e com mandado em aberto

No início da tarde desta quarta-feira (25) policiais civis da Divisão de Investigação Criminal de Brusque, da Delegacia de Polícia da Comarca de Brusque...

Guabiruba implementa restrições após matriz de nível gravíssimo para Covid-19

Com a mudança da matriz de risco para gravíssimo em toda a região do Médio Vale, a Prefeitura de Guabiruba continua a seguir as...

Interligado – Resultado de 25 de novembro de 2020

Pizza grande 3 sabores (tradicionais) da Ramalhone Pizzaria, 100% Delivery entregue na sua casa. Ramalhone mais que uma pizza, uma verdadeira experiência...

Nova matriz de risco classifica 13 regiões com nível gravíssimo em SC

A atualização do risco potencial das regiões do estado segue no mapa divulgado pelo Governo do Estado. Todas as regiões do estado estão em...
Publicidade
WhatsApp chat