Polícia prende homem no Paraná por solicitar foto íntima de criança de Brusque

Outras notícias da semana

Posse da nova diretoria da RFCC e também evento realizado pelo Rotary foram destaques do Jornal da Diplomata

Na manhã desta quinta-feira, 26, o Jornal da Diplomata repercutiu a eleição da nova diretoria da Rede Feminina de Combate Câncer de Brusque (RFCC)....

Philarmonia Brusque lança no dia 6 de dezembro o Camarote Virtual com clipes natalinos

Depois de muitos ensaios, captura de imagens e gravações em estúdio, a Philarmonia Brusque está com tudo pronto para o lançamento do Camarote...

Principais acidentes atendidos pelo Corpo de Bombeiros

Próximo às 10h10 de sábado, 21, uma guarnição do Corpo de Bombeiros de Brusque deslocou-se até a rua Carlos Ristow no Centro de Brusque...

Diretor da Fundação Cultural fala sobre projetos habilitados através da Lei Aldir Blanc

O resultado da fase de habilitação do edital para a distribuição dos recursos da Lei de Emergência no município de Brusque, já está disponível...

Na manhã desta sexta-feira, 31, a Polícia Civil do Paraná cumpriu um mandado de busca e apreensão expedido pela Vara Criminal de Brusque e prendeu em flagrante um homem (32 anos) que é suspeito de ter induzido uma criança (9 anos) de Brusque a se exibir de forma pornográfica através de um aplicativo na internet.

A prisão em flagrante ocorreu porque no celular do homem foram encontradas fotos e conversas com a vítima de Brusque, além de outras crianças e adolescentes.

A investigação, que foi conduzida pela DPCAMI de Brusque, teve início com o registro de ocorrência pela mãe da vítima, ocasião em que foi verificado que o homem usava um perfil falso com a imagem e o nome de um “Pokémon” (desenho animado infantil) e dessa forma atraia as vítimas, para depois solicitar o envio de fotos sexualmente explícitas. No entanto, no decorrer da investigação foi possível identificar o suspeito bem como o seu endereço, e a Polícia Civil do Paraná prestou apoio para dar cumprimento ao mandado de busca e apreensão em sua residência, o que culminou com a sua prisão em flagrante.

A DPCAMI destaca que a investigação realizada demonstra a falsa crença de que é possível se valer do anonimato para praticar crimes na internet e reforça para que os pais ou responsáveis estejam atentos para os conteúdos e aplicativos que seus filhos têm acesso.

Últimas postagens

Brusque registra o 64º óbito relacionado a Covid-19

Brusque registra o 64º óbito relacionado a Covid-19 A Vigilância em Saúde informa o 64º óbito por Covid-19 em Brusque. Trata-se de um homem de...

COVID-19: Boletim epidemiológico de 27 de novembro

Brusque registrou nas últimas 24 horas 307 novos casos de Covid-19. Agora, a cidade conta com 8.692 pessoas que já contraíram a doença. Deste...

Com rua Poço Fundo interditada, condutores de veículos terão duas opções

Na segunda-feira (30) reiniciam as obras na rua Poço Fundo, onde será feito drenagem, pavimentação asfáltica e passeio. Devido às obras, a rua ficará...

Hospital Azambuja firma parceria com Unimed Brusque para atendimento de clientes sintomáticos respiratórios

O Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux (Hospital Azambuja) firmou nesta semana, uma parceria com a Unimed Brusque, com o objetivo de atender os clientes...

Endorfina – Resultado sorteio 27 de novembro.

Pizza grande, 3 sabores (tradicionais), da Ramalhone Pizzaria: ***Ganhadora: Sirlei Aparecida B. F. Feitosa***
Publicidade
WhatsApp chat