Brusque FC intensifica preparação para a terceira rodada do Brasileiro

Neste domingo (15), o quadricolor intensificou a preparação para o terceiro jogo do Brasileirão, no CT do Brusque.

Publicidade
Utilidade pública

Sem tempo para descanso, o técnico Jerson Testoni comandou mais um treino pensando no São José. Dessa vez, o treino foi em campo reduzido, divido em três times.

O objetivo do treino foi a troca de passes e finalização. O campo reduzido da uma ideia do campo sintético do estádio Passo D’Areia.

Destaque dentro de campo e na liderança, o capitão Zé Carlos comentou sobre a sua atuação nas duas primeiras rodadas. “Foram dois jogos extremamente difíceis, um diferente do outro. A equipe do Ypiranga veio marcando mais em cima e a do São Bento um pouco mais reativo, foram jogos difíceis como jogos de estreia de campeonatos são”.

Em relação a sua liderança dentro de campo, Zé diz que sempre foi um jogador que puxa a responsabilidade pra si. “Nesse jogo contra o São Bento eu fui um pouco mais (líder), até porque a equipe adversária quis tomar conta do jogo e não é bem assim. Acho que dentro e fora de casa, você tem que se respeitar e naquele momento eles não estavam respeitando e eu tomei umas atitudes um pouco mais brabo nesses momentos, mas uma coisa bem controlada, uma situação que deveria fazer”.

O goleiro afirma que continuará nessa pegada e que o elenco já está acostumado. “Série C vai ter que ser assim, é uma guerra, é dessa maneira que eu trabalho, ainda mais dentro do vestiário, conversando com os companheiros e está dando certo, tenho respeito de todos acima de tudo, então é continuar dessa maneira, com o pensamento de que quando tiver que ajudar, eu ajudo, de quando tiver que dar uma dura, eu dou, faz parte do futebol e meus companheiros já estão acostumados com isso. Agora é continuar trabalhando para que conseguimos alcançar os nossos objetivos”, completa Zé.

Já sobre a próxima partida, o goleiro fala sobre a dificuldade de jogar no Passo D’Areia. “Não vamos ter a oportunidade de jogar em sintético antes, apenas o recreativo um dia antes, então o jogo é totalmente diferente, eles tem essa facilidade de jogar no campo deles. É uma equipe que vem há alguns anos disputando a Série C, tem jogadores de qualidade, teve um revés nessa última rodada, mas tenho certeza que será um jogo muito difícil, porém estamos bem preparados para o que der e vier, então não importa a grama, adversário, o nome do jogador, o mais importante de tudo é fazermos o nosso com humildade e respeitando todos para que a gente consiga o nosso resultado positivo”.

O Brusque viaja na quarta-feira para Porto Alegre. No período da tarde, realizará o último treino no CT do Inter, que possuí grama sintética, parecida com a do estádio do Zequinha.

Publicidade
Últimas notícias

Boletim informa óbito relacionado à Covid-19; homem de 39 anos

271º Óbito relacionado ao Coronavírus Vítima é homem de 39 anos, com comorbidade e residente no Centro A cidade de Brusque...
Publicidade
WhatsApp chat