Vara Criminal divulga sentença condenatória de dois acusados pelo crime de roubo, em Guabiruba

Somadas, às penas ultrapassam os trinta anos de prisão, em regime inicial fechado para ambos. Crime ocorreu em maio deste ano

Publicidade
Utilidade pública

O Dr. Edemar Leopoldo Schlösser, Juiz da Vara Criminal de Brusque, divulgou nesta sexta-feira, 11, sentença prolatada referente ao crime de roubo ocorrido dia 26 de maio deste ano, em Guabiruba, contra um estabelecimento industrial.

Relembre Guabiruba: Quadrilha assalta malharia e foge com cinco toneladas de malha; dois são presos em Blumenau

Peterson Bueno Klock e Lenon Polheim, aguardavam decisão judicial desde a prisão. Juntas, às penas ultrapassam os trinta anos de prisão, em regime inicial fechado para ambos.

Eles permanecem recolhidos no Presidio Regional de Blumenau e foram denunciados pelo Ministério Público de Santa Catarina. A sentença foi divulgada através da Assessoria Criminal.

A denúncia

Conforme a denúncia do Ministério Público, os réus, no dia 26 de maio, em comunhão com outros dois comparsas ainda não identificados, após contratarem um suposto serviço de frete, exibiram uma arma de fogo ao motorista do caminhão baú Ford Cargo, A.V.F., e o amarraram no baú do veículo.

Na sequência, se deslocaram com o caminhão até uma malharia na cidade de Guabiruba, onde, mediante grave ameaça exercida com emprego de arma de fogo, renderam as vítimas, amarraram suas mãos e as colocaram no refeitório da empresa. Enquanto um dos assaltantes cuidava dos reféns, os demais subtraíram cinco toneladas em rolos de malha, com valor aproximado de R$ 70.000,00 (setenta mil reais).

Além disso, foram subtraídos aparelhos celulares e outros objetos pessoais das vítimas. Os acusados e seus comparsas se evadiram para a cidade de Blumenau, onde o caminhão foi abandonado, com a vítima amarrada no baú. A carga e demais objetos foram baldeados para outro veículo, não sendo mais recuperados. Os acusados foram localizados pela polícia militar de Blumenau, sendo autuados em flagrante na posse de um veículo VW/Gol, de cor vermelha, também utilizado durante o assalto para garantir a fuga dos agentes.

A sentença

A sentença foi publicada nos seguintes termos: Peterson Bueno Klock foi condenado à pena de quatorze anos, três meses e três dias de reclusão, em regime inicial fechado e ao pagamento de cento e quarenta e seis dias-multa.

Já Lenon Polheim foi condenado à pena de vinte anos, quatro meses e treze dias de reclusão, também em regime inicial fechado, e ao pagamento de duzentos e seis dias-multa.

Não foi concedido aos acusados o direito de recorrerem em liberdade, razão pela qual permanecem recolhidos no Presídio de Blumenau.

Publicidade
Últimas notícias

319º óbito relacionado ao Coronavírus foi registrado em Brusque

A cidade de Brusque registrou neste domingo (26), mais um óbito relacionado ao Coronavírus. Totalizando 319 perdas em decorrência...
Publicidade
WhatsApp chat