Convenções definem seis candidaturas para concorrer à Prefeitura de Brusque

Publicidade
Utilidade pública

No último dia para convenções ficaram definidos os nomes que vão concorrer à Prefeitura de Brusque. Ao total, seis candidaturas vão disputar às eleições.

Ao longo da semana, com a reta final para negociações, algumas chapas já foram anunciadas e permaneciam em aberto para alianças.

Uma das primeiras composições anunciadas foi do Coronel Moacir Gomes Ribeiro e do vereador Sebastião Lima, ambos pelo PL – Partido Liberal (configurando chapa pura).

Candidato à prefeito Coronel Gomes e o vice Sebastião Lima , pelo PL
Candidato a prefeito Moacir Gomes Ribeiro e o vice Sebastião Lima, pelo PL (Foto: Divulgação)

No último final de semana, em convenção, o atual vice-prefeito, Ari Vechi, do MDB, foi confirmado pelo partido como candidato à prefeito. À noite, o Democracia Cristã lançou o nome do pastor Gilmar Doerner para ser vice de Ari. O partido permanecia em aberto para alianças. O DEM sinalizou apoio à Vechi e Doerner.

Candidato à prefeito, Ari Vechi e vice Gilmar Doerner, pelo MDB e Democracia Cristã
Candidato a prefeito, Ari Vechi e vice Gilmar Doerner, pelo MDB e Democracia Cristã, respectivamente (Foto: Divulgação)

Ainda no decorrer da semana, o Republicanos lançou o nome do atual vereador Paulo Sestrem para concorrer à prefeito e que terá como vice o empresário Michel Belli, do PSC. O PROS, o PSD e PTB sinalizaram apoio à candidatura.

Candidato à prefeito, Paulo Sestrem e vice Michel Belli, pelo Republicanos e PSC
Candidato a prefeito, Paulo Sestrem e vice Michel Belli, pelo Republicanos e PSC, respectivamente (Foto: Reprodução)

Na noite de convenções, o PT confirmou o nome do ex-prefeito Paulo Eccel e que terá como vice o professor Luís Deschamps, pelo PV. A aliança tem o apoio do PDT, PSB, PSOL E PCDOB.  

Candidato à prefeito, Paulo Eccel e vice Luís Dechamps, pelo PT e PV
Candidato a prefeito, Paulo Eccel e vice Luís Deschamps, pelo PT e PV, respectivamente (Foto: Divulgação)

O Patriotas formou chapa pura como os nomes do professor Guilherme Marchewsky para prefeito e o empresário Hermes Heinig Filho, o Chico Vinagre, com vice.

Candidato à prefeito Guilherme Marchewsky (de amarelo) e o vice Hermes Heinig Filho
Candidato a prefeito, Guilherme Marchewsky (de amarelo) e o vice Hermes Heinig Filho (Foto: Divulgação)

A chapa entre o ex-prefeito Ciro Roza, do Podemos e o presidente do Brusque FC, Danilo Rezini, do Cidadania, foi oficializada na convenção realizada nesta quarta-feira. O PP, Partido Progressista e o PSL e o PRTB, sinalizaram apoio à candidatura.

Candidato à prefeito, Ciro Roza e o vice Danilo Rezini, pelo Podemos e Cidadania
Candidato a prefeito, Ciro Roza e o vice Danilo Rezini, pelo Podemos e Cidadania, respectivamente (Imagem Reprodução/Web)

O PSDB anunciou nominata com 23 vereadores e deixou a Ata em aberto para definir em relação à coligação na majoritária, até o prazo máximo de sexta-feira, 18. Em decisão posterior, o partido sinalizou apoio à candidatura de Ari Vechi e Gilmar Doerner.

DEM

Através de contato com o presidente do partido Jones Bósio, ele informou que o DEM decidiu pelo apoio a candidatura do atual vice-prefeito Ari Vequi e o vice-prefeito Pr. Gilmar Doenner.

A sigla também deve lançar 23 nomes para as eleições proporcionais.

Publicidade
Últimas notícias

Brusque FC entra em concentração para enfrentar o Coritiba, nesta terça-feira (3)

O Brusque FC se reapresentou na tarde do último domingo para iniciar a preparação para o jogo contra o...
Publicidade
WhatsApp chat