Operação entre as polícias de SC e do Pará prende membro de facção criminosa acusado de participar da morte de policial civil

O preso, na companhia de Luan Henrique de Moraes, com a alcunha de 'Fumante', praticou homicídio de Mauro Cunha Câmara, Investigador de Polícia Civil, fato este ocorrido no dia 09/12/2017.

Outras notícias da semana

Na tarde desta sexta-feira (23), a Polícia Civil do Estado do Pará prendeu um fugitivo, com alcunha de ‘Bebe Leite’, em cumprimento a ordem judicial expedida pela juíza da 3ª Vara do Tribunal do Júri do Estado do Pará. O homem foi preso em Brusque, no bairro Jardim Maluche, no início desta tarde.

Conforme as informações da polícia paraense, o preso, na companhia de um comparsa, com a alcunha de ‘Fumante’, praticou homicídio de Mauro Cunha Câmara, Investigador de Polícia Civil, fato este ocorrido no dia 09/12/2017.

De acordo com a polícia, ambos eram vinculados à facção criminosa denominada Comando Vermelho.

A partir das investigações realizadas pela Autoridade Policial presidente dos autos, foi possível localizar o “Fumante”, o qual reagiu à abordagem da equipe policial, oportunidade em que foi atingido pelos policiais e evoluído a óbito em seguida.

Desde a data do crime, diligências ininterruptas foram desencadeadas pela Polícia Civil do Estado do Pará, através da Divisão de Homicídios e Furtos e Roubos.

Em operação conjunta com policiais da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil, DIC de Brusque, foi possível localizar o evadido, que já transitou por mais de três Estados da Federação, buscando evadir-se do distrito da culpa.

As diligências continuam com o condão de recambiar o preso à comarca de Belém, através de Autorização Judicial da Comarca de Brusque.

Coletiva de imprensa

A Polícia Civil concede às 16h desta sexta-feira uma coletiva de imprensa, na sede da DIC Brusque (Delegacia de Polícia Civil da Comarca – DPCo), onde dará mais detalhes sobre a operação.

Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat