“Tenho confiança na Justiça”, diz governador Carlos Moisés

O afastamento temporário das funções pode se estender por um prazo de até 180 dias

Outras notícias da semana

Covid-19: Prefeito de Brusque participa de reunião com governador

O Prefeito de Brusque Jonas Paegle e o secretário de Saúde Humberto Fornari participaram de uma videoconferência organizada pela Federação Catarinense de Municípios (FECAM),...

Confira o boletim epidemiológico desta quarta-feira, 2 de dezembro

Confira o boletim epidemiológico desta quarta-feira, 2 de dezembro A Vigilância em Saúde de Brusque registrou 229 novos casos confirmados de Covid-19 na cidade, nas...

SESI está com matriculas abertas para 1º ano do ensino fundamental e com edital para bolsas

Na manhã desta terça-feira, 01, o Jornal da Diplomata recebeu Louise Dorow Caetano, supervisora de educação do SESI e Carina Gotardi Imhof, assessora de...

Presidente da CDL fala sobre horário especial de Natal e decoração natalina

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Brusque (CDL Brusque) divulga aos seus associados e à comunidade a sugestão de horário especial de Natal 2020,...

O governador Carlos Moisés afirmou na tarde deste sábado, 24, ter confiança na Justiça e convicção de que o processo de impeachment, votado na noite anterior pelo Tribunal Misto, deve ser arquivado definitivamente.

A declaração ocorreu em uma coletiva de imprensa realizada na Casa D´Agronômica, na qual o chefe do Executivo estadual também avaliou que os quatro votos dos desembargadores foram muito incisivos no sentido da falta de justa causa legal da denúncia. Carlos Moisés deve ser notificado da decisão de sexta-feira na próxima segunda-feira, 26.

Carlos Moisés fala à imprensa em coletiva. (Foto: Ricardo Wolffenbüttel/ Secom)

O afastamento temporário das funções pode se estender por um prazo de até 180 dias.

“Nós acreditamos no arquivamento definitivo. Com esse mesmo resultado do Tribunal Misto (6 a 4), não se opera o afastamento definitivo e a perda do cargo público. Acreditamos na manutenção desses votos pelo Poder Judiciário catarinense, que foi absolutamente independente”, afirmou Carlos Moisés.

O governador também informou que já conversou com a vice-governadora, Daniela Reinehr, sobre a transição da gestão do Executivo Estadual. Os secretários de Estado e integrantes de primeiro escalão já realizam reuniões com ela a fim de garantir que os projetos e ações não sofram interrupção.

Últimas postagens

Coronavírus em SC: Novo decreto reforça medidas sanitárias para conter avanço da doença

Atendendo definições previamente estabelecidas em conjunto com prefeitos, demais Poderes e autoridades de Saúde, o Governo de Santa Catarina publicou na edição desta sexta-feira,...

Dois homens são presos em Brusque suspeitos de roubo em São João Batista

No inícios da noite de sexta-feira (4), no município de São João Batista, quatro homens portando armas de fogo roubaram uma quantia em dinheiro...

Obituário, 5 de dezembro de 2020

Central Funerária  – Faleceu às 19h47 de sexta-feira (4), com 91 anos, Avelina Maestri, que morava em Dom Joaquim. Velório na Capela de Dom...

Encontrada carteira com documentos.

Foi encontrada uma carteira com documentos em nome de Bruno Marques Ferreira, a mesma se encontra aqui na rádio Diplomata FM para retirada. ...

Nota da ABM Simesc sobre a COVID-19

GESTOS SIMPLES SALVAM VIDAS Após um período de redução no número de novos casos diários de infecção pelo coronavírus observado durante o mês de outubro...
Publicidade
WhatsApp chat