Em Brasília, governadora faz parceria para projetos de prevenção aos desastras naturais e ensino da Ciência e Tecnologia nas escolas

O objetivo é que equipamentos ajudem na prevenção de desastres naturais e no aprimoramento do processo de agricultura de precisão.

Outras notícias da semana

Botuverá registra segundo óbito por Coronavírus

O município de Botuverá registrou nesta quinta-feira, 14 de janeiro, o segundo caso de óbito associado ao coronavírus. Trata-se de uma idosa, de 80...

Hospital Dom Joaquim e Fundação de Esportes são beneficiados com verba parlamentar

Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (13), no gabinete do prefeito Ari Vequi, foi anunciada emenda parlamentar impositiva do deputado estadual, Fernando Krelling,...

Metalúrgicos de Brusque terão reajuste salarial acordado na Convenção Coletiva

Os trabalhadores metalúrgicos de Brusque e região terão, a partir do pagamento referente a janeiro, aplicado o reajuste salarial de 3%. O percentual cumpre...

Novo diretor do Sine de Brusque elenca prioridades a frente do órgão em 2021

O novo diretor do Sistema Nacional de Empregos (Sine) de Brusque, Waldir da Silva Neto (Neto), foi anunciado no início deste mês como responsável...

A governadora Daniela Reinehr esteve com o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, nesta quarta-feira, 4, em Brasília, para acompanhar a evolução do projeto de criação e fabricação de 13 nanossatélites, chamados de  Constelação Catarina. O objetivo é que equipamentos ajudem na prevenção de desastres naturais e no aprimoramento do processo de agricultura de precisão. Além disso, a governadora anunciou um novo programa em parceria com o Ministério para levar práticas de Ciência e Tecnologia para as escolas.

Segundo a governadora, essa união de esforços e harmonia com o Governo Federal é fundamental para garantir o desenvolvimento de Santa Catarina. “Nós já somos conhecidos como um Estado tecnológico e inovador. O nosso povo é unido e supera expectativas e cria oportunidades a todo tempo. Por isso, não poderíamos ficar de fora de mais essa iniciativa que vai colocar a ciência e a tecnologia em ascensão e gerar mais segurança e oportunidades para todos”, disse. 

O ministro reconheceu o trabalho de Santa Catarina. “Essa iniciativa impacta positivamente na qualidade de vida das pessoas, o que é essencial na nossa missão”, afirmou Pontes.

Para o presidente da Agência Espacial Brasileira, Carlos Moura, o projeto de nanossatélites é fundamental para colocar o Brasil em outro patamar de evolução. “Em locais que sofrem com eventos extremos, como é o caso de Santa Catarina, é preciso coletar informações para ajudar em estratégias e tomada de decisões ao longo do tempo. Esse é o objetivo do da constelação, que deve apoiar o Estado e todo o Brasil”, comentou.

A iniciativa é da Frente Parlamentar Mista para o Programa Espacial Brasileiro, que tem o objetivo de fortalecer, desenvolver e defender os interesses do setor espacial no âmbito do território nacional. “Santa Catarina tem toda a capacidade necessária para construir esse projeto e entregar resultados positivos para o Brasil”, disse o deputado federal Daniel Freitas, que é presidente do projeto. 

Ciência e tecnologia nas escolas catarinenses

O projeto para levar às salas de aula do estado o ensino de Ciência e Tecnologia também esteve na pauta do encontro. “A nossa proposta é que a Secretaria de Estado da Educação seja parceira do Ministério para expandir a ciência e inovação em nosso Estado e garantir que os estudantes tenham acesso a esse conhecimento desde a base. O futuro de Santa Catarina será ainda mais promissor com esse projeto”, enfatizou Daniela Reinehr. 

A secretária de Articulação e Promoção da Ciência do MCTI, Christiane Corrêa, será uma das responsáveis por incentivar o projeto no Estado. “Essa iniciativa é excelente para todos. Estamos disponíveis e comprometidos com o desenvolvimento de Santa Catarina. Tenho certeza de que o projeto vai melhorar a vida de muitos estudantes catarinenses e oferecer expectativas ainda melhores para o Estado que já é referência no assunto e caminha mais uma vez nesse processo de promoção e popularização da Ciência”, disse Christiane.

Estiveram na reunião o Leônidas Medeiros, secretário executivo do MCTI e Ricardo Miranda, chefe da Casa Civil de Santa Catarina.

Fonte: SECOM Governo de SC

Últimas postagens

Estudantes fazem hoje primeira prova do Enem 2020

Milhões de estudantes de todo o país fazem hoje (17) a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Os portões serão...

Dois homens são detidos por suspeita de tráfico de drogas

Dois homens foram detidos pela Polícia Militar na noite deste sábado, 16, no bairro Centro. Na abordagem veicular realizada pelo PPT foi localizado aproximadamente...

Polícia Militar registra ocorrência de perturbação no bairro Santa Terezinha

De acordo com a Polícia Militar, a guarnição foi acionada via COPOM para atendimento de ocorrência de Perturbação do trabalho ou sossego alheios, por...

PRE flagra motorista embriagado na rodovia Ivo Silveira

A Polícia Militar Rodoviária Estadual flagrou um motorista dirigindo embriagado, por volta das 22h45, na Rodovia Ivo Silveira, nas imediações do bairro Batêas.Segundo a...

Anvisa decide neste domingo se aprova uso emergencial de vacinas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realiza, neste domingo (16), em Brasília, reunião extraordinária de sua diretoria colegiada, formada por cinco integrantes, para...
Publicidade
WhatsApp chat