Nova matriz de risco classifica 13 regiões com nível gravíssimo em SC

Publicidade
Utilidade pública

A atualização do risco potencial das regiões do estado segue no mapa divulgado pelo Governo do Estado. Todas as regiões do estado estão em risco potencial Grave ou Gravíssimo para COVID-19.

Treze regiões do estado encontram-se em nível GRAVÍSSIMO de risco para COVID-19. As regiões do Alto Uruguai Catarinense, Extremo Oeste e Foz do Rio Itajaí estão classificadas com o nível GRAVE. A região de Xanxerê está pela terceira, e a região de Laguna pela segunda semana seguida classificada com o risco potencial

GRAVÍSSIMO.

Regiões em alerta – Todas as regiões do estado registram alta transmissão de COVID-19. O grande do número de casos dificulta ações de vigilância e monitoramento de casos e contatos. Neste cenário é necessário aplicar ações que reduzam o contato entre as pessoas como a restrição do funcionamento de atividades.

Acompanhe o vídeo da superintendente de vigilância em saúde, Raquel Bittencourt, que comenta os objetivos da Matriz de Risco.

Superintendente da Vigilância em Saúde, Raquel Bittencourt, sobre a atualização da Matriz de Risco

Combate ao Coronavírus em SC – A partir da Portaria SES no. 464 de 03 de julho de 2020 ficou instituído o Programa de Descentralização e Regionalização das Ações de Combate à COVID-19 em Santa Catarina.

A Portaria SES no. 592 de 17 de agosto de 2020 estabelece a classificação semanal como balizadora das medidas a serem adotadas. Desde o dia 01/10/2020 a atualização dos indicadores e medidas apontam para uma nova leitura de resultado.

Cada dimensão é um alerta.

Publicidade
Últimas notícias

Instrutor e palestrante Maicon Bertolini fala sobre Semana Nacional do Trânsito

Durante a Semana Nacional do Trânsito, que acontece até a sexta-feira, dia 25 de setembro, o grupo Mega Motos...
Publicidade
WhatsApp chat