Juíza nega liminar que busca suspender diplomação de Ari Vechi e Gilmar Doerner

Outras notícias da semana

Defesa Civil de Brusque atualiza situação das chuvas

A Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil de Brusque atualizou, às 17h desta quinta-feira (21), o número de ocorrências atendidas no município em função...

Confira o boletim epidemiológico desta quarta-feira (20) em Brusque

O novo boletim epidemiológico, divulgado nesta quarta-feira (20), aponta que Brusque tem 15.026 casos confirmados de Covid-19. Nas últimas 24 horas foram registrados 23...

UNIFEBE contrata estagiários para atuar no IGP e IML de Brusque

O Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) está com processo seletivo em aberto para contratação de estagiários, para atuar no Instituto Médico Legal (IML) e...

Brusque registra 96 casos de Covid-19 nas últimas 24h; Em Guabiruba foram quatro

O novo boletim epidemiológico, divulgado neste sábado (23), aponta que Brusque tem 15.208 casos confirmados de Covid-19. Nas últimas 24 horas foram registrados 96...

A juíza Clarice Ana Lanzarin, da 86ª Zonal Eleitoral, negou o pedido de liminar que busca suspensão da diplomação dos candidatos eleitos ao cargo de prefeito e vice-prefeito do município de Brusque.

A ação de investigação eleitoral foi impetrada por quatro partidos políticos (Podemos, PT, PSB e Partido Verde), que alegaram suposto abuso de poder econômico em favor da candidatura de Ari Vequi e Gilmar Doerner, através do apoio declarado pelo empresário Luciano Hang, durante o pleito eleitoral.

Relembre.

A cerimônia de diplomação está marcada para esta quinta-feira, 17 de dezembro.

Segue o texto da decisão.

“Vê-se que o pedido liminar deve ser indeferido. Primeiramente, deve-se considerar que a concessão de medidas liminares em AIJE restringe-se à suspensão do ato supostamente abusivo, não sendo este o caso em apreço. Pensar diferente, implicaria em desconsiderar a vontade popular expressa nas urnas e – sem possibilidade de defesa e contraditório – impedir que os eleitos assumissem os cargos para os quais foram conduzidos de forma democrática e soberana”, frisa.

“Em relação ao mérito da questão, também não vejo como acolher a alegada abusividade na conduta do cidadão que legitimamente expressa sua opinião política, ainda que este cidadão se trate de proeminente empresário brasileiro (Luciano Hang, que dispensa apresentações) ”, diz.

“A propósito, situação análoga já foi apreciada pelo TSE, o qual entendeu que “não configura prática abusiva o engajamento de empresário na campanha de determinado candidato, mediante divulgação gratuita de vídeo em sua rede social, no qual se limita a veicular críticas dentro do limite tolerável do embate eleitoral e sem gravidade para causar desequilíbrio indevido e injusto na disputa”, ressalta.

“Há de prevalecer, nesse caso, a proeminência da garantia constitucional da livre manifestação de pensamento”, comenta a decisão.

Cabe recurso.

Os candidatos eleitos e o empresário Luciano Hang ainda não se manifestaram sobre o assunto.

Últimas postagens

Imagens de vias do bairro Lageado Baixo atingidas pela enxurrada

Uma enxurrada atingiu várias ruas do bairro Lageado Baixo, em Guabiruba, no final da tarde e início de noite deste domingo, 24. A comunidade...

Guabiruba enfrenta situação caótica após enxurrada no Lageado Baixo

O bairro Lageado Baixo, em Guabiruba, foi fortemente atingido por uma enxurrada no início da noite deste domingo (24). A enxurrada causou e pânico...

Boletim epidemiológico de domingo, 24 de janeiro

A cidade de Brusque registrou 20 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas. É o que aponta o mais recente boletim epidemiológico divulgado...

Hospital Azambuja divulga nota de pesar pelo falecimento do Dr. Lira

É com profunda tristeza que o Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux – Hospital Azambuja lamenta o falecimento do médico Adail Japy Lira, aos 77...

Homem fica ferido após colisão de carro em poste em Águas Claras

Uma colisão de um veículo em um poste da rede pública de energia deixou um homem de 34 anos ferido. O acidente ocorreu na...
Publicidade
WhatsApp chat