Paróquia São Luís Gonzaga recebe dois novos sacerdotes

Missa de acolhida será neste domingo, às 19h, na igreja Matriz

Publicidade
Utilidade pública

Neste domingo, 31 de janeiro, às 19h, na igreja Matriz, a Paróquia São Luís Gonzaga celebra a missa de acolhida de seus dois novos sacerdotes: Pe. Paulo Vanderlei Riffel e Pe. Cristiano Tiago Araújo. Assim como o pároco, padre Diomar Romaniv e os outros três vigários paroquiais, Pe. Flávio Morelli, Pe. Adilson José Colombi e Pe. Carlos Marcos Nicolodelli, os dois religiosos Dehonianos devem assumir a missão pastoral, na Matriz e Comunidades.

Padre Paulo tem 50 anos e é natural de Boa Vista do Buricá (RS). Em 21 de dezembro de 2020, ele completou 18 anos de sacerdócio e, nesta caminhada de serviço, esteve sempre envolvido como o Apostolado Paroquial. “Me sinto feliz por ter sido agraciado com a vida religiosa Dehoniana. E a graça de servir a Cristo como sacerdote nas comunidades e família”, afirma.

Pe. Paulo Vanderlei Riffel

Em Brusque, padre Paulo morou entre 1993 e 1996, ainda no período formativo. Após a ordenação foram seis anos de serviço em Crissiumal (RS), cinco anos na Diocese de Joinville e mais sete anos junto à Arquidiocese de Florianópolis. Nesses últimos quatro anos, padre Paulo foi pároco em Botuverá.

“É a primeira vez que trabalho em uma Paróquia com 12 Comunidades, em uma cidade toda urbana. Mas venho com ânimo e alegria, para servir a igreja local e me unir à comunidade religiosa. Estou contente e confio em Deus para servir como sacerdote, religioso e ser presença de Sua graça às pessoas”, enfatiza.

Primeira missão

Padre Cristiano Tiago Araújo tem 34 anos, é natural de Guaramirim (SC) e foi ordenado em 19 de dezembro de 2020, pela imposição de mãos de Dom Francisco Carlos Bach, bispo da diocese de Joinville. Ele morou em Brusque entre os anos de 2011 e 2014, enquanto acadêmico de Filosofia e agora retorna à cidade para sua primeira missão.

Padre Cristiano Tiago Araújo 

“Entre 2011 e 2013 morei no Convento SCJ. Foi um tempo maravilhoso, de grandes aprendizados. A caminhada formativa é sempre uma proposta que necessita de adesão. O ano de 2014, na Casa Padre Dehon, foi igualmente intenso. Ali a dimensão psicológica e comunitária foi desenvolvida com mais afinco. Com certeza isso dá ferramentas para que a vida se torne mais leve e, consequentemente, auxilia na vida pastoral e apostólica que somos convidados a viver com o povo de Deus”, destaca Pe. Tiago que, como seminarista, por diversas vezes participou de missas na Paróquia e contribuiu nas festas e eventos realizados.

Apesar de ser apenas o início de sua caminhada, o sacerdote chega com o coração aberto para aprender e servir. “Acredito que os desafios de trabalhar como vigário na paróquia São Luís Gonzaga sejam proporcionais à grandeza desta Igreja. Entretanto, da minha parte, todo o trabalho será feito com o zelo e a atenção que o ministério exige. Em outras palavras, aprenderei a ser padre junto com meus confrades e com o povo de Deus, e isso só acontece quando o coração está aberto para acolher. Este é meu sentimento e expectativa para este novo tempo de Deus na minha vida”, ressalta. 

Convite Missa de Acolhida
Publicidade
Últimas notícias

CVV promove novo curso para voluntários; Coordenador do posto CVV Brusque dá detalhes

Entrevista Especial Estamos vivendo o Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio. O Centro de Valorização à Vida (CVV) é...
Publicidade
WhatsApp chat