Declare Certo UNIFEBE inicia nesta segunda-feira (1º)

Atividade desenvolvida pelo curso de Ciências Contábeis visa auxiliar a comunidade sobre a Declaração do Imposto de Renda

Publicidade
Utilidade pública

Com o intuito de auxiliar a comunidade nos trâmites para a Declaração do Imposto de Renda, o curso de Ciências Contábeis do Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) inicia nesta segunda-feira (1º) o Declare Certo. A atividade desenvolvida por professores e acadêmicos visa sanar dúvidas sobre as documentações exigidas e de como preencher corretamente os formulários.

O atendimento gratuito à população será realizado virtualmente pela página do Declare Certo, no site da UNIFEBE, pelo WhatsApp 99269-8406 ou pelo e-mail cienciascontabeis@unifebe.edu.br. Também é possível solicitar o apoio presencialmente, todas as terças-feiras, das 8h às 11h30 e das 14h às 17h, e as quartas-feiras, das 8h às 11h30, na sala 10 do Bloco C da UNIFEBE, campus Santa Terezinha.

“O Declare Certo é fruto da parceria entre a nossa instituição e o Núcleo de Atendimento Fiscal (NAF) da Receita Federal. É uma forma de prestarmos esse serviço de forma gratuita à comunidade, envolvendo nossos acadêmicos nessa atividade prática da profissão”, enfatiza o coordenador de Ciências Contábeis da UNIFEBE, Edilson Padilha.

Imposto de Renda 2021

De acordo com Padilha, é importante que a população se atente ao prazo, que volta a ser menor do que o do ano passado. “A princípio este ano não ocorrerá prorrogação. Diferente de 2020, que tivemos até junho para declarar, em 2021, a Declaração do IR segue até da 30 de abril”, salienta.

Outro ponto que merece destaque é o Auxílio Emergencial. Tanto os valores recebidos pelo Auxílio Emergencial, de R$ 600 reais, quanto pelo Auxílio Emergencial Residual, de R$ 300 reais, são considerados rendimentos tributáveis e devem ser declarados na ficha de “Rendimentos Recebidos de Pessoa Jurídica”.

Uma novidade deste ano é que os beneficiários do auxílio emergencial que tiverem obtido rendimentos tributáveis acima de R$ 22.847,76, ao longo de 2020 são obrigados a fazer a declaração. Os beneficiários do auxílio que se enquadrarem nessa situação deverão devolver os valores recebidos por eles e por seus dependentes.

Desde quinta-feira (25), o novo programa para preenchimento da declaração está disponível para aplicativos de smartphones e desktops. A expectativa da Receita Federal é de que R$ 32 milhões de declarações sejam enviadas até o final do prazo. Segundo o cronograma divulgado pelo órgão, o 1º lote de restituição está programado para dia 31 de maio. 

Fonte: Assessoria Unifebe.

Publicidade
Últimas notícias

Câmara de Guabiruba realiza a primeira sessão ordinária de agosto, após período de recesso

Na noite de terça-feira, 03, ocorreu sessão ordinária na Câmara Municipal de Guabiruba, a primeira de agosto após o...
Publicidade
WhatsApp chat