Domingo de Ramos dá início às celebrações de Páscoa

Publicidade
Utilidade pública

Neste domingo, 28 de março, na igreja Matriz São Luís Gonzaga, haverá a missa de Ramos às 7h, 9h, 17h e 19h. Respeitando todos os protocolos de saúde e segurança, será obrigatório o uso de máscaras, higiene das mãos com álcool em gel, distanciamento entre as pessoas e o limite da capacidade de público fixado em 25%.

Neste domingo haverá missa às 7h, 9h, 17h e 19h, na igreja Matriz. (Foto: Assessoria de Imprensa/Paróquia São Luís Gonzaga)

“Ainda assim, somos agradecidos a Deus pela oportunidade de celebrar a Semana Santa com a presença do público, diferente do ano passado, quando estávamos todos em isolamento. Isso é motivo de alegria, mas também de responsabilidade. Peço a conscientização das pessoas para que respeitem as regras estabelecidas”, reforça o pároco, padre Diomar Romaniv.

Para oportunizar que mais pessoas tenham acesso às celebrações de forma presencial, haverá missa de Ramos e o Tríduo Pascal em quase todas as Comunidades. E para quem faz parte do grupo de risco ou, por alguma outra razão, não possa acompanhar a Semana Santa nas igrejas, haverá transmissão ao vivo das celebrações pelas redes sociais da paróquia. “As transmissões foram uma das marcas importantes do ano passado e nós entendemos que se trata também de uma maneira de evangelizar. Aos idosos, doentes e às famílias em isolamento, deixamos o convite para que rezem conosco”, destaca padre Diomar.

Adaptações

Um dos sinais expressivos e visíveis da fé são os ramos que compõem a celebração deste domingo. Em tempos anteriores à pandemia, procissões costumavam marcar este momento, em memória à entrada triunfal de Jesus em Jerusalém. No entanto, respeitando as orientações da Santa Sé e da Arquidiocese de Florianópolis, todas as programações serão internas.

“Pedimos que as pessoas tragam seus ramos para serem abençoados ou, como no ano passado, que coloquem ramos na porta de casa, para viver com intensidade a fé nesta que é a semana mais importante da Igreja”, ressalta o pároco.

Padre Diomar informa que serão omitidos o Lava-pés da missa de Quinta-Feira Santa, bem como o Beijamento, na Celebração da Paixão e Morte do Senhor, na sexta-feira. “Não haverá muita movimentação e nem manifestações mais afetivas de fé. Vamos nos ater ao que é essencial”, comenta.

Confissões

A proximidade da Semana Santa faz com que muitos católicos busquem o sacramento da Confissão. Por isso, a paróquia estendeu horários para este atendimento, na Matriz e Comunidades. Nesta sexta-feira, 26 de março, haverá confissão às 19h, na Comunidade Nossa Senhora de Fátima. Na segunda, às 19h, na Comunidade Nossa Senhora de Lourdes, na terça, às 19h, na Comunidade Sagrado Coração de Jesus e, na quarta-feira, às 19h, na igreja Matriz.

Na Matriz ainda haverá atendimento de confissões na Sexta-Feira Santa, dia 2 de abril, das 7h30 às 11h, além de atendimentos agendados (3351-1238) na secretaria paroquial, na segunda, das 14h às 17h30, de terça a sexta-feira, das 8h30 às 11h e das 14h às 17h30 e, neste sábado, das 8h30 às 11h.

“O processo de conversão quaresmal está sendo concluído. Foram 40 dias de reflexão que apontam para a vida nova que queremos receber, fruto da ressurreição de Jesus. E a vida nova passa pelo arrependimento e pela disposição em viver diferente algumas realidades do pecado. A confissão faz parte deste processo e a orientação da Igreja é que o católico se confesse ao menos uma vez por ano, para a Páscoa, e assim esteja preparado para receber a eucaristia”, orienta padre Diomar.

Publicidade
Últimas notícias

Covid-19: Brusque abre agendamento para vacina a pessoas com 33 anos ou mais

Imunização deste público ocorre na quinta-feira, dia 05, nos dois Centros de Vacina A Prefeitura de Brusque, por meio da...
Publicidade
WhatsApp chat