Equipe do Hospital Azambuja emociona paciente após 17 dias de internação, sendo 14 intubado; David venceu

Publicidade
Utilidade pública

Na última sexta-feira, 26 de março, profissionais do Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux – Hospital Azambuja celebraram a recuperação de um paciente acometido pela Covid-19.

Depois de 17 dias internado, nos quais 14 permaneceu intubado, as equipes médica e de enfermagem realizaram o procedimento de extubação. Minutos antes, prepararam uma mensagem para o paciente, David, que venceu mais uma importante batalha em sua vida.

Segundo a coordenadora de enfermagem, Francine Dayane Gehlen Ribeiro, cada paciente que supera a doença, é motivo de alegria para todos os profissionais, desde os que trabalham na higienização, manutenção, recepção, atendimento hospitalar, até os da enfermagem, fisioterapia e médicos.

“É uma rotina bastante intensa, mas não deixamos de lado, em momento algum, a humanização, tanto do paciente como da família, que em casa fica na agonia de não poder ver seu ente querido”, comenta.

A coordenadora revela que desde o ano passado foi intensificado o trabalho de humanização, com ligações em vídeo entre pacientes e familiares, oportunizando o contato, mesmo que virtual.

“Até hoje vemos o quanto é gratificante este momento, o quanto ajuda no tratamento e recuperação dos pacientes que estão na UTI. E além das ligações por vídeo, a equipe de enfermagem coloca áudios dos familiares para os pacientes que estão intubados. Já os pacientes acordados, podem escolher filmes para assistir na plataforma Netflix ou músicas para ouvir. São formas que encontramos para tentar amenizar a angústia dos pacientes”, enfatiza.

Sobre a extubação do paciente, realizada no dia 26 de março, Francine comenta que emocionou toda equipe.

“Proporcionamos um momento de alegria, de vitória, não só para ele, como também para toda a equipe que vem trabalhando arduamente dia a dia. É muito gratificante para todos nós, pois comemoramos muito cada evolução dos pacientes. A extubação nos traz a alegria de que dias melhores virão, de que mais uma batalha foi vencida”, reforça.

Para a enfermeira assistencial Júlia Evelin a extubação de um paciente é um dia de alegria e alívio. “No vídeo há o fisioterapeuta, enfermeira, médica e técnica de enfermagem. Juntos trabalhamos firmes e fortes todos os dias para que isso aconteça. Agradeço a cada um que representa essas categorias e todas as outras que também estão nessa luta. Ao David, é mais uma batalha vencida, estamos felizes por sua recuperação. Bem-vindo de volta à vida”, comemora.

De acordo com a médica Dra. Lauriane Maia, neste período de pouco mais de um ano de pandemia da Covid-19, todo o conhecimento e energia dos profissionais foram concentrados nessa doença, que já matou milhares de pessoas no mundo inteiro.

“Aqueles 30 segundos vendo a felicidade no olhar do David lendo ‘vamos respirar fora desse tubo?’, faz tudo valer a pena. Por esse olhar, eu e toda equipe do Hospital Azambuja, continuaremos aqui, lutando pela vida de cada pessoa que nos procura”, complementa.

*O nome completo do paciente não foi divulgado, para preservar sua identidade.

Publicidade
Últimas notícias

Covid-19: Atualizados os números da Covid-19 em Brusque

30 novos casos da doença foram registrados em Brusque nas últimas 24h A cidade de Brusque atualizou nesta quinta-feira (21)...
Publicidade
WhatsApp chat