COVID-19: Brusque tem vagas nos dois Centros de Vacinação

Publicidade
Utilidade pública

Cidade dispõe de quatro mil doses para os grupos prioritários nos próximos dias

A Secretaria de Saúde de Brusque, por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde, informa à comunidade que há disponibilidade de vagas para vacinação contra a COVID-19 nos dias 07, 10, 11, 12, 13 e 14 de maio no Centro de Vacinação da UNIFEBE – que a partir desta sexta-feira , dia 07, passa a ter duas salas de vacina. E também, há vagas nos dias 13 e 14 para a sala de vacina instalada no Centro de Vacinação da UNIASSELVI. Estão sendo ofertadas, ao todo, quatro mil doses da vacina AstraZeneca / Fiocruz, com média de 630 imunizados ao dia, somadas as doses um e dois.

Neste momento, conforme determinam o Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado, são contemplados com a imunização os idosos acima de 60 anos, as pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos e os profissionais de saúde.

Para ter acesso à vacina, a pessoa interessada deve fazer o seu cadastro on-line no site https://agendamentos.smsbrusque.sc.gov.br/. Caso tenha alguma dificuldade com o agendamento eletrônico, o morador pode se deslocar à sua Unidade Básica de Saúde de referência (UBS), para receber o auxílio necessário.

Comorbidades

O grupo de pessoas com comorbidades, em Brusque e em todo o Brasil, é muito amplo. Por isso, o Ministério da Saúde estabeleceu o atendimento desse contingente populacional por grupos. Na fase um, estão sendo vacinados, de acordo com o quantitativo de doses disponibilizado pelo Governo do Estado, os grupos prioritários elencados abaixo, considerando os seguintes critérios de priorização:

  1. Pessoas com Síndrome de Down (na faixa etária dos 18 a 59 anos);
  2. Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), de 18 a 59 anos – mediante comprovação por meio de lista fornecida pelo serviço que realiza diálise;
  3. Pessoas transplantadas de órgão sólido ou de medula óssea ( de 18 a 59 anos);
  4. Gestantes e puérperas com comorbidades*, independente da idade (maiores de 18 anos);
  5. Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC), de 18 a 59 anos, com comprovação por meio de Lista nominal fornecida pela Assistência Social;
  6. Pessoas com Comorbidades e Deficiência Permanente de 55 a 59 anos

As comorbidades estabelecidas pelo Ministério da Saúde são as seguintes:

  • Diabetes melitus;
  • Pneumopatias crônicas graves;
  • Hipertensão arterial;
  • Doença coronariana, cardiovasculares;
  • Doença cerebrovascular;
  • Doença renal crônica;
  • Imunossuprimidos (Indivíduos transplantados de órgão sólido ou de medula óssea; pessoas vivendo com HIV, pessoas recebendo pulsoterapia com corticóide e/ou ciclofosfamida; demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias);
  • Anemia falciforme;
  • Obesidade mórbida (Índice de massa corpórea -IMC – maior ou igual a 40);
  • Síndrome de Down.

Comprovação

São meios de comprovação desses grupos prioritários, conforme a Nota Técnica 16 do Governo do Estado:

a) Atestado médico ou relatório médico com a indicação da condição da pessoa, contendo a descrição do CID e prazo de validade de um ano para as prescrições de medicamentos de uso não controlados;

b) Prescrição médica ou exames ou receitas que deixem claro a condição da pessoa
considerando o prazo de validade de um ano para as prescrições de medicamentos de uso
não controlados.

A imunização dessas pessoas ocorre nos dois Centros de Vacinação, instalados na UNIFEBE e na UNIASSELVI (Vila Schlosser), que atendem de segunda à sexta-feira, das 08h às 11h e das 13h às 16h.

Publicidade
Últimas notícias

Presidente do comitê gestor do Centro de Inovação fala sobre ações para retomada das obras, em nova licitação

A presidente do comitê gestor de implantação do Centro de Tecnologia e Inovação, reitora Rosemari Glatz, falou ao Jornal...
Publicidade
WhatsApp chat