Samae: primeira fase de expansão de rede está em ritmo adiantado

Publicidade
Utilidade pública

Apesar da instabilidade climática registrada nos últimos dias, a fase inicial da obra de expansão de rede, iniciada pelo Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Brusque no fim de abril, encontra-se adiantada.

Conforme o coordenador da área técnica da autarquia, Juliano Pereira, o primeiro estágio do maior investimento feito pelo Samae nos últimos anos se divide em duas etapas: uma é a interligação da nova adutora em dois reservatórios situados na região da Estação de Tratamento de Água (ETA) Central. A outra é a descida desta nova tubulação pelo talude existente nas proximidades do Parque Leopoldo Moritz (Caixa D’Água), em direção à avenida Hugo Schlosser.

(Fotos: Samae Brusque/Divulgação)

“Essa descida está sendo feita de maneira totalmente manual”, salienta Pereira. “Mesmo assim, estamos bem adiantados. Acredito que daqui a uns 10 ou 15 dias estaremos finalizando esta parte, para, então, começarmos o trabalho de execução dos 8,5 quilômetros de rede pelas ruas da cidade, em direção ao bairro Dom Joaquim”, enfatiza.

A expansão de rede

A obra prevê a instalação de mais de 8,5 quilômetros de novas adutoras de água tratada, partindo da Estação de Tratamento de Água (ETA) do Centro, em direção ao bairro Dom Joaquim.

Trata-se de um serviço que faz parte das obras da ETA Cristalina. Porém, a necessidade latente de se levar água tratada para a região do Dom Joaquim e adjacências fez com que a autarquia antecipasse o serviço.

Após a entrega da estação da Cristalina, ao invés de se levar água do Centro para o bairro, o fluxo nas adutoras será invertido do Dom Joaquim para a área central da cidade.

(Fotos: Samae Brusque/Divulgação)
Publicidade
Últimas notícias

Brusque registra 40 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h

O novo boletim epidemiológico divulgado pela Diretoria de Vigilância em Saúde ba tarde deste domingo (13) indica que a...
Publicidade
WhatsApp chat