Associação de Moradores do Steffen lança no sábado,12, projeto social para crianças e adolescentes; NaçãoFut

Publicidade
Utilidade pública

A Associação de Moradores do bairro Steffen inicia no próximo sábado, 12, o Projeto Social NaçãoFut, em parceria com a Prefeitura de Brusque, empresas e a Igreja Nação Forte.

De acordo com o presidente da associação, Ivan Moreno, a proposta é desenvolver o futebol como atividade de desenvolvimento social para crianças e adolescentes. O funcionamento do programa será todos os sábados, das 14h às 17h, entre a faixa etária de 7 a 14 anos, para ambos os sexos.

O projeto será desenvolvido na quadra de esportes do bairro, Ginásio Poliesportivo Pedro Pereira.

“A gente vê a carência dos jovens, com essa pandemia, e a equipe pensou em desenvolver através do esporte, além de levar uma mensagem pela palavra de Deus”.

Ginásio de esportes receberá projeto social da Associação de Moradores do bairro Steffen (Foto: Divulgação)

 Ivan faz o chamamento também para os pais e responsáveis.

“Quem quiser acompanhar o filho e olhar o projeto mais próximo será bem-vindo, estamos buscando todo tipo de ajuda”, explicou.

Para fortalecer o projeto, a associação conseguiu parcerias com empresas para doação de material esportivo para disponibilizar às crianças carentes. Outra meta é oferecer um momento de lanche durante as atividades.

A proposta, conforme Ivan, é expandir o modelo do projeto NaçãoFut para outros bairros. Reuniões já foram realizadas com o poder público municipal, através da Secretaria de Assistência Social e com o vice-prefeito, Gilmar Doerner.

Arquibancada do ginásio de esportes do bairro Steffen (Foto: Divulgação)

Ivan destaca que a iniciativa é apenas uma das frentes de trabalho, bem como outras redes de assistências que já foram realizadas na comunidade. A exemplo, o presidente da associação citou um caso de incêndio em que uma família recebeu amparo dos moradores.

Segundo Moreno, a diretoria da associação busca mobilizar a comunidade para criar boas iniciativas.

“Queremos tirar essa visão negativa do bairro, que é só drogas, (isso está acabando, a Polícia Militar está fazendo um bom trabalho), estamos buscando por melhorias através dos projetos sociais – a única coisa que precisamos é a comunidade abraçar mais, através de voluntários quando a gente busca pelas parcerias”, frisou.

Informações pelo telefone – 9 9635 3708. A entrevista será repercutida no Jornal da Diplomata.

Publicidade
Últimas notícias

Defesa Civil está em atenção para possibilidade de grande volume de chuva

A Defesa Civil de Brusque está em estado de atenção devido à possibilidade de altos volumes de chuva em...
Publicidade
WhatsApp chat