Teste do Lacen confirmou variante Alfa em Brusque, no mês de maio e em paciente de 24 anos

Publicidade
Utilidade pública

Um caso de variante Alfa, referente à Covid-19, foi confirmado em Brusque, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC), em resultado divulgado nesta segunda-feira (12).

Conforme apurado pelo Jornal da Diplomata, o caso refere-se a uma mulher de 24 anos, que testou positivo para Covid-19 no mês de maio. A paciente não saiu da cidade e não teve contato com ninguém que tenha viajado. A jovem cumpriu a quarentena e não teve sintomas graves.

Em estudo gnômico realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/SC), após a coleta no final do mês de abril, em teste aleatório, o exame apresentou como carga viral da variante Alfa, identificada tecnicamente como B.1.17.

No caso em questão, conforme o Ministério da Saúde, os imunizantes (AstraZeneca, Coronavac, Pfizer e Janssen) protegem contra a variante Alfa.

Até o momento nenhum comunicado oficial foi divulgado pela prefeitura.

Publicidade
Últimas notícias

43 novos casos da doença foram registrados em Brusque nas últimas 24h

O boletim epidemiológico divulgado pela Diretoria de Vigilância em Saúde na tarde desta terça-feira (26), demonstra que são 29.840...
Publicidade
WhatsApp chat