Nesta sexta-feira, 16, acontece o I Fórum Brusquense da Mulher Negra, na Câmara de Vereadores

Publicidade
Utilidade pública

A Câmara Municipal de Brusque realiza na sexta-feira, 16 de julho, o I Fórum Brusquense da Mulher Negra (I FBMN) – alusivo ao Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra e ao Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha. O evento acontece das 19h às 21h, no plenário da casa legislativa, com o tema “A presença da mulher negra nos espaços sociais e de tomada de decisões”.

A entrada será gratuita, limitada a 50 participantes, sendo o acesso ao local condicionado à ordem de chegada e ao uso de máscara.

Na programação da solenidade, constam homenagens a personalidades negras o município e debates com pautas afins à proposta central, além de apresentações musicais da cantora Rívia Mickaelly.

Proponente da iniciativa, por meio do Requerimento nº 82/2021, a vereadora Marlina Oliveira Schiessl (PT) conduzirá os trabalhos da noite na condição de presidente da mesa.  

Acompanhe a seguir a programação completa do I FBMN:

19h – Introdução aos trabalhos. Vereadora Marlina Oliveira Schiessl, presidente do fórum.

19h10 – Mística de abertura. Professora Josefina Silva Boscia, integrante da diretoria executiva da CUT/SC, do Coletivo Negras Petistas/SC e presidente do PT em Joaçaba/SC. (online)

19h15 – Homenagem aos 120 anos de Antonieta de Barros, professora, escritora, jornalista, primeira deputada negra de Santa Catarina e do Brasil.

– Homenagem às professoras Lúcia Francisco Cipriano, Avelina Francisco e Umbelina Francisco de Mendonça, filhas de Orgino Domingos Francisco (Ginoca), integrantes de uma das três primeiras famílias negras de Brusque.

19h25 – Apresentação Rívia Mickaelly.

Debates

19h30 – O que desejam as mulheres negras? O que anunciam as suas presenças nos diferentes espaços sociais? Um olhar para o Levante Feminista Contra o Feminicídio no Brasil. Vilma Reis – Socióloga, professora, integrante do Coletivo Mahin, mentora do Coletivo Feminista contra o Feminicídio e ouvidora-geral da Defensoria Pública do Estado da Bahia (2015-2019). Salvador/BA. (online)

19h45 –  Os nomes do racismo. Shay Ferreira – Nordestina, periférica, ativista do movimento negro, constituída à luz da luta de classe. Brusque/SC.

20h – Apresentação Rívia Mickaelly.

20h05 – A organização política das mulheres negras em Santa Catarina – As mulheres e os espaços políticos. Cirene Cândido – Coletivo Negras Petistas/SC. Florianópolis/SC. (online)

20h20 – Mulheres Negras resistem e lutam por uma sociedade em que o bem viver seja um direito a todas e todos. Vanda Pinedo – Secretária estadual de combate ao racismo do PT/SC. Florianópolis/SC. (online)

20h35 – Comentários/questionamentos da plateia

20h50 às 21h – Encaminhamentos. Vereadora Marlina Oliveira Schiessl.

Publicidade
Últimas notícias

ACIBR e poder público avançam na discussão para novo acesso entre Brusque-Guabiruba

O Núcleo de Empresários de Guabiruba, vinculado à Associação Empresarial de Brusque (ACIBr), realizou na tarde de ontem, 21...
Publicidade
WhatsApp chat