Secretário da Fazenda e Gestão Estratégica fala sobre ações e próximos passos da administração

O poder público apresentou para o conselho das entidades o projeto “Brusque 2030” que é um planejamento estratégico pelos próximos nove anos.

Publicidade
Utilidade pública

Na manhã desta terça-feira, 27, o Jornal da Diplomata recebeu o secretário municipal de Fazenda e Gestão Estratégica, William Molina, que realizou uma avalição do primeiro semestre de 2021, destacando também as prioridades e planejamentos para os próximos meses.

O secretário anunciou em primeira mão a prorrogação da campanha de Refis, que teria fim em julho e será estendido por mais 90 dias. Sendo realizado uma campanha publicitaria que informará a possiblidade do cidadão deixar sua situação em dia com o município de Brusque.  

Falando em planejamento na segunda-feira o poder público apresentou para o conselho das entidades o projeto “Brusque 2030” que é um planejamento estratégico pelos próximos nove anos e prevê uma série de investimentos e melhorias no serviço público.

Segundo Molina este planejamento é um embrião da administração municipal e está aberto a sugestões, críticas e novas ideias. “Começamos neste primeiro momento, apresentando ao Conselho das Entidades, até para receber contribuições e ouvir das mais diversas classes o que se pode construir para uma cidade melhor. Esperamos chegar em 2030, com um avanço em vários setores e estar entre as 50 melhores cidades do país com mais de 80 mil habitantes”, pontua.

Ouça entrevista concedida a Sérgio Ferreira!

Áudio entrevista com William Molina.

Publicidade
Últimas notícias

Alô Mamãe: Projeto da UBS Jardim Maluche acolhe mulheres durante gestação

A pandemia mudou a rotina das pessoas. A maioria precisou se reinventar em suas funções e ações. E muitos...
Publicidade
WhatsApp chat