Polícia Militar prende homem por comercializar pássaros silvestres, mantidos em gaiolas

Publicidade
Utilidade pública

Na quarta-feira, 06, por volta das 12h40, a Polícia Militar em Guabiruba foi informada que na rua Alberto Voss, havia um criadouro de pássaros silvestre e comercio clandestino de aves silvestres.

Diante dos fatos, a guarnição foi ao endereço citado. Lá em contato com o proprietário da residência ele admitiu possuir pássaros silvestres e autorizou a entrada da guarnição na casa. Foi constatado que 21 pássaros de espécie nativa da fauna brasileira não possuíam anilhas sendo capturados da natureza, sendo que quatro estavam anilhados; duas coleras, um bico de pimenta e um Cúrio.

Ao total 25 pássaros, dentre eles, um filhote de papagaio, que conforme o autor, seria comercializado pelo valor de R$600, o qual ele havia anunciado através do WhatsApp.

O homem de 43 anos recebeu voz de prisão e conduzido a Delegacia de polícia civil com os pássaros e gaiolas apreendidos, encaminhadas posteriormente Parque Zoobotânico de Brusque.

Publicidade
Últimas notícias

Dengue: casos no ano chegam a 3.333

No total, são 72 novos casos confirmados nas últimas 24h Foram atualizados nesta sexta-feira (20), pela Diretoria de Vigilância em...
Publicidade
WhatsApp chat