Ariane Fischer participa do Programa da Hora

Diretora da Vigilância em Saúde de Brusque foi a convidada desta segunda-feira, 3 de janeiro

Publicidade
Utilidade pública

Em participação ao vivo no Programa da Hora desta segunda-feira, a diretora da Vigilância em Saúde de Brusque, Ariane Beatriz Costa Fischer, falou sobre a vacinação contra a gripe, ressaltando que, nesta nova cepa, não há uma vacina específica. A diretora foi entrevistada por Sergio Ferreira e Cristiano Pereira.

Subdivisões da cepa

Em relação a H3N2, Brusque já registrou uma vítima fatal, de uma adolescente de 12 anos. “Tivemos a notícia desta adolescente e é regra que coletemos o material e enviemos para análise em Florianópolis e, na triagem, fomos comunicados de que apareceu a cepa gripe A, que é subdividida em H1N1 e H3N2, e não nos foi dada a certeza de que se foi H3N2. Até saiu na imprensa [que foi H3N2], mas a Dive iria mandar uma nota de correção. A própria H3N2 também se subdivide, de novo: a Darwin, que não tem vacina ainda, mas tem tratamento”, destacou Ariane.

Acompanhe a entrevista completa!

Entrevista na íntegra
Publicidade
Últimas notícias

Sala do Empreendedor de Brusque concentra todos os serviços disponibilizados ao MEI

A Sala do Empreendedor – uma parceria entre o Sebrae SC e Prefeituras Municipais, foi criada para auxiliar a...
Publicidade
WhatsApp chat